Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!

Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!
Clique na foto e seja levado à nossa loja com mais de 5.000 biquínis

sábado, 22 de setembro de 2007

Biquinis...o assunto são os biquinis da temporada 2010


Com dois endereços no Guarujá, o primeiro no Guarujá Center Shopping na Rua Mário Ribeiro 369 loja 25, telefone (13)3386-2744 e o outro na Rua Petrópolis 31 loja 6 sobre-loja, Biquinis Guarujá promete a maior coleção de biquinis muti-marcas deste verão de 2010.
A loja da Rua Petrópolis (uma sobre-loja) sofisticadíssima vai ter bar e uma decoração anos 50. Os preços sempre os mesmos...tudo muito abaixo dos praticados pelo comércio das cidades do interior e de São Paulo. Vale a pena esperar para comprar seus biquinis no Guarujá ou ir na loja virtual www.biquinisatacado.com que nem sempre consegue ter todos os modelos das lojas e esgotam rapidamente.

 

 

 

&&&&&&&

GUARUJÁ NUNCA MAIS SERÁ A MESMA DEPOIS DO VERÃO DE 2010.

 

Guarujá nunca mais será a mesma depois do verão 2010.

Os biquinis Helô Pinheiro, Garota de Ipanema,Líquido e Biquini Brasil serão comercializados em duas lojas no Guarujá a preços de atacado.

 Loja 1 Rua Mário Ribeiro 369 loja 25, Guarujá Center Shopping- Telefone )13)3386-2744 e loja 2 na Rua Petrópolis 31 loja 5 sobre-loja Telefone (13_9713-2020.

Na loja virtual em www.biquinisatacado.com


Para  mais informações e compras atacado e  varejo  o e-mail é biquinisguaruja@hotmail.com
Telefone (13) 9713-2020 Nextel 24*52727

 

 

 

 

 

SIGA O NOSSO BLOG, POSTE UMA MENSAGEM E GANHE UM BIQUINI. ESCOLHEREMOS A MENSAGEM MAIS SIMPÁTICA...

OOOOOpssss...
 Ganhe um biquini!
Papai Noel vai dar presente inteiramente grátis, toda semana, para leitores e leitoras que acompanharem o nosso blog... 
Para ganhar um dos biquinis à venda na nossa loja virtual www.biquinisatacado.com basta você estar inscrita como seguidora ou seguidor do nosso blog e deixar uma mensagem. 
Toda semana eu escolherei a seguidora ou seguidor que deixar a mensagem mais simpática e enviarei pelo correio o biquini mencionado na postagem. Você pode concorrer toda semana.
Basta postar uma mensagem toda semana. 
Na segunda-feira que vem dia 30 de dezembro já estarei indicando aqui quem será a primeira (o) ganhador(a)
%%%%%%
Compre  as coleções de 2010 na nossa loja do Guarujá ou pela internet.
Já estamos com as peças das novas coleções.
Atacado pronta entrega.
Tenha todas as informações  e como acessar e comprar nossos produtos por preços realmente incríveis no site www.biquinisguaruja.com.br e na loja virtual www.biquinisatacado.com
Nossas lojas no Guarujá-SP (totalmente remodeladas) atendem  aos clientes  na rua Mário Ribeiro 345/369,  e na Rua Petrópolis 31 loja 6,Praia de Pitangueiras.
Nosso e-mail é o falecomodono@hotmail.com
Telefone: (013)7807-6981 e (13)9713-2020
Telefone da loja (13)3386-2744 Nextel ID 24*2977
Nossa loja virtual www.biquinisatacado.com
Nosso site principal www.biquinisguaruja.com.br



imagem  na web

http://70.84.187.5/documents/admin/uploads/classifieds/img-45-106885-original.jpg



Ainda sobre  verão, sol, biquínis e felicidade
Não é privilégio de modelos, socialites,atrizes e ricas e maravilhosas usar um biquíni e tomar sol no verão brasileiro.
Nem só de beldades nem é proibido curtir o sol e ser feliz. O verão é para todos e principalmente para aquelas que querem colocar seu biquíni e tomar um sol na praia ou na lage...
O sol nasce para todos e exposição moderada aos raios do sol pode se traduzir em alegria e liberdade para o corpo e para a mente.
O verão chegou. Coloque seu biquíni e curta o sol.
Como conservar seu biquíni
·         Efetue lavagem  manual com água na temperatura máxima de 30°C e sabão neutro, espremendo delicadamente. Importante:sabões em pó, sabão de coco e sabonetes não são necessariamente neutro.verifique antes de usá-los.
·         Lave as peças com água abundante; imediatamente após sair da piscina ou praia.
·          Deve- se evitar o contato da peça com produtos cosméticos (cremes, óleos, bronzeador)e outros produtos químicos.
·         Evitar o contato de tecido com áreas abrasivas (ásperas)  para que não ocorra  rompimento de filamentos da poliamida(nylon) na superfície de peça.
·         O contato entre peça molhadas, principalmente as de cores escuras com outras peças ou materiais têxteis, pode causar manchas. Por isso, lave as cores separadas  e tome cuidado também na hora de secar no varal.
·         Secar  a sombra, evitando a secagem em maquina.
·         Cores cítricas ou fluorescentes merecem cuidado redobrado pois podem desbotar com a lavagem e exposição a luz solar.
·         Não passe ferro.
·         Não guarde as peças molhadas – especialmente em sacos plásticos.

Assessoria de Imprensa  Marinho Guzman MTb 16.207  especial para a loja virtual de biquínis www.biquinisatacado.com
Loja física no Guarujá Praia de Pitangueiras Rua Mário Ribeiro 369 loja 25
Telefone (13)3386-2744 e-mail biquinisguaruja@hotmail.com


RECHEIO  DE  BIQUINI
Titulo e conteúdo são fundamentais na internet.
A loja virtual de biquínis www.biquinisatacado.com faz uma campanha publicitária de seus biquínis para venda pela internet que chama a atenção, principalmente, pelos belíssimos biquínis que disponibiliza para suas clientes de todo o Brasil, mas também por títulos e conteúdo que atraem essas clientes para sua loja, seu site e suas páginas.
São centenas ou milhares de páginas, invariavelmente indexadas e bem posicionadas pelos sistemas de busca, especialmente o Google com textos de duplo sentido e fotos muito bem tiradas.
Quem lê o título RECHEIO DE BIQUINI dificilmente deixa que a imaginação e a curiosidade escapem de um clique nessa informação, que a leva em seguida à loja virtual.
Com essa e outras estratégias de marketing, a loja de Guarujá que só atendia às clientes locais, ou no máximo de veranistas que passam férias na cidade, passa a atender o atacado e varejo de todo o Brasil, não estando voltada, pelo menos nesse momento para o mercado internacional.
Atender a uma clientela exigente, com muitas marcas famosas e outras nem tanto, permite uma possibilidade de escolha que não existe em qualquer outra loja, com limitação de espaço físico para estoque e exposição dos modelos e estampas.  Obviamente os preços também atendem a todas às bolsas e bolsos uma vez que os homens presenteiam com biquínis exatamente para temperar o recheio ...
Comprar pela internet é também uma excelente opção para quem está longe de São Paulo ou do Rio de Janeiro e que certamente só vai dispor dos modelos da coleção 2010 para o Natal ou para os meses de Janeiro e Fevereiro.
Quem consultar a loja virtual da Guarujá Biquinis vai ver que há mais com que se regalar nesse verão que os recheios culinários...
O endereço da loja virtual é www.biquinisatacado.com e-mail biquinisguaruja@hotmail.com que dá à clientela da internet a segurança de uma grande loja física no Guarujá, onde se encontra no Guarujá Center Shopping, na Rua Mário Ribeiro 345/369, loja 25,
Praia de Pitangueiras, telefone (13)3386-2744
Assessoria de Imprensa marinho Guzman MTb SP 19.860




·         ************


Galisteu: "Se eu ouvir gostosa faço dieta na hora"
Adriane Galisteu exibe suas curvas na capa da revista "Corpo a Corpo" deste mês. Aos 36 anos, com 56 quilos, a apresentadora conta que é viciada em cremes e acha que ainda precisa emagrecer dois quilos.
"Uso de tudo, mesmo! Creme nacional, importado, de marca desconhecida, baratinho, caro. Lançaram, experimento", contou à publicação.
A loira também posou com uma peça de sua coleção de biquínis. Adriane já tem mais de mil modelos e coleciona desde a década de 1980.
Para manter a forma, a bela fecha a boca. ''Como pouco, fazer o quê? Meu almoço, hoje, foram duas batatas sauté temperadas com alecrim, e só!'', revelou.
Mas Adriane não pensa em mudar nada no seu corpo, nem colocar silicone. ''Acho lindo o corpo das garotas marombadas, mas prefiro ter seios mínimos e ser magra. No dia em que eu passar em frente a uma construção e ouvir 'gostosa' dos operários, vou fazer dieta na mesma hora'', declarou.






***************

 
Adriane Galisteu é capa da revista Corpo a Corpo de outubro, e estrela um ensaio usando biquínis de sua coleção. Ela coleciona a peça desde a década de 80 e já tem mais de mil modelos.

A apresentadora fala à publicação sobre seus segredos para manter a boa forma. Além de praticar corrida, a loira é disciplinada na alimentação. ''Como pouco, fazer o quê? Meu almoço, hoje, foram duas batatas sauté temperadas com alecrim, e só!''

Satisfeita com seu corpo, ela nem pensa na possibilidade de colocar silicone nos seios. ''Acho lindo o corpo das garotas marombadas, mas prefiro ter seios mínimos e ser magra. No dia em que eu passar em frente a uma construção e ouvir ‘gostosa’ dos operários, vou fazer dieta na mesma hora'', completa.
Nossa loja virtual de biquínis é a www.biquinisatacdo.com
Loja do Guarujá Rua Mário Ribeiro 369 loja 25 Praia de Pitangueiras
Telefone (13)3386-2744  e-mail: biquinisguaruja@hotmai.com

***********************

biquinis,biquinis atacado,lojas de biquinis,viver a vida,viver a vida biquinis,atrizes da globo,loja virtual de viver a vida,fabricas de biquinis,sites de biquinis,biquinis fio dental,biquinis com bojo,maios,sungas,biquinis pronta entrega,biquinis por encomenda,biquinis brasileiros,garota de ipanema,poko pano,coco verde, lenny,salsa,cia maritima,rosa chá,chiquita bacana,banco de areia,salinas,guaruja,biquinis guaruja,coleção 2010,sunkines,tomara que caia,helo pinheiro,garota fantástica,bbb 2010,hang loose,reef,rosa cha,evelyn,sombra e água fresca,tomara que caia,tomara-que-caia,biquínis exportação,biquínis importação,biquínis baratos,biquínis de lycra


pagseguro pequeno





Para blogblogs

Compre  as coleções de 2010 na nossa loja do Guarujá ou pela internet.
Já estamos com as peças das novas coleções.Atacado pronta entrega.
Tenha todas as informações  e como acessar e comprar nossos produtos por preços realmente incríveis no site www.biquinisguaruja.com.br e na loja virtual www.biquinisatacado.com
Nossa loja no Guarujá-SP (totalmente remodelada) atende  aos clientes  na rua Mário Ribeiro 345/369, Praia de Pitangueiras.
Nosso e-mail é o falecomodono@hotmail.com
Telefone: (013)7807-6981 e (13)9713-2020
Telefone da loja (13)3386-2744 Nextel ID 24*2977
Nossa loja virtual www.biquinisatacado.com
Nosso site principal www.biquinisguaruja.com.br
*******
Verão 2010
Para fazer bonito, se você tem...

• Quadris largos: prefira biquínis com a lateral alta. Use tons lisos e escuros. Estampa, só se forem listras na vertical. Fuja dos floridos.

• Quadris estreitos: modelos de calcinha com detalhes nas laterais ficam ótimos. Para equilibrar, na parte de cima, frente-única.

• Seios grandes: escolha sutiãs com alça, que proporcionam boa sustentação. Opte pelos decotes geométricos, como os modelos de frente-única.

• Seios pequenos: abuse dos sutiãs modelo cortininha, que aumentam o volume dos seios. E aproveite as estampas. Quanto mais coloridas, melhor.

• Alguns quilos a mais: opte por maiôs de cores escuras e listras verticais, que afinam o corpo. Decotes em U ou em V ajudam a alongar a silhueta.

• Alguns quilos a menos: a parte inferior com babadinho dá volume e disfarça a magreza.

• Culote: a calcinha deve ter lateral grossa, para não marcar.

Os sete pecados da areia

• Usar canga como saída de praia: é melhor deixar na bolsa e só tirar de lá na hora de estender para deitar.

• Trocar o chinelo pela sandália plataforma: salto alto, só para eventos na cidade.

• Exagerar na produção: com o sol, a maquiagem derrete e borra. O cheiro do perfume muda. Para bem pior, acredite.

• Tomar bebida alcoólica em vez de água-de-coco: o álcool contribui para desidratar o corpo.

• Comprar biquíni um número menor: o elástico aperta a pele e as gordurinhas extras ficam para fora, bem marcadas.

• Transformar a praia em salão de beleza: clarear os pêlos, por exemplo, só em casa. Escondido de todo mundo.

• Ficar como um camarão: nada mais cafona do que pele vermelhona contrastando com a marquinha branca do biquíni.


******************

Biquínis coleções passadas a R$ 10,00 ou R$ 20,00
Não se iluda com os anúncios de biquínis a R$10,00 ou R$ 20,00.
O nosso custa um pouco mais.

Para fazer um biquíni com Lycra Santa Constancia ou Rosset como os que nós vendemos, com padrões modernos e qualidade de confecção só a Lycra custa quase isso.
Biquínis oferecidos por preços abaixo do mercado, como sendo de coleções passadas, na maioria das vezes são, na verdade,
 de baixa qualidade, Lycra de segunda ou nem mesmo são de Lycra.
Biquínis de coleções passadas, também podem significar modelos ultrapassados, com aquele bundão que só americanas e européias  usam e que você não vai ter coragem de colocar.
Vai pagar barato e não vai usar!
Biquínis baratos, oferecidos pela internet por pessoas que não tem lojas em shopping ou na rua também podem levar o consumidor a erro.
Nossa loja no Guarujá na Rua Mário Ribeiro 345/369 CEP 11410-190.
Telefones (13)3386-2744 (13) 7802-9642 e Nextel 24*52727 e tem longa tradição de venda de biquínis,fabricados pelas melhores marcas do Brasil.
Nós temos ponta de estoque, saldos de coleção, sobras de fabricação para as grandes marcas e muitas outras ofertas a preço de fábrica e preço de atacado COM PRONTA ENTREGA.
Nosso site www.biquinisguaruja.com.br tem grande número de peças da coleção ainda disponíveis e a nossa loja virtual www.biquinisatacado.com estará no ar a partir de 15 de setembro de 2009 já com a coleção das grandes marcas e coleção de 2010 que ainda não chegaram nas lojas.
Não se deixe enganar. Verifique antes de comprar qual a Lycra usada na confecção, e se a loja tem CNPJ, Inscrição Estadual e se tem um endereço físico para atender pessoalmente a clientela.
Preço não é tudo para quem quer qualidade e beleza.
Nós temos qualidade, variedade, boa preço, pronta entrega.

********************










Biquinis Guarujá no mapa da moda praia mundial
Biquínis Guarujá é uma grife brasileira que comercializa as mais famosas marcas de biquínis e sungas disponíveis no mercado brasileiro.
Faz moda para homens e mulheres que estão em busca de liberdade e querem estar bem vestidos na piscina, na praia e nos barcos que ancoram em todas as marinas e praias do Brasil.
No mercado do Guarujá há cerca de vinte anos, tem entre suas principais clientes, o público que freqüenta, por exemplo, o Guarujá e Maresias, só para citar duas das praias do litoral sul e norte do esteado de São Paulo e que levaram para todo o Brasil a qualidade, preço e variedade dos biquínis que vende no atacado e varejo.
Brasileiras que viajam ao exterior conseguiram, com a publicidade boca a boca, colocar a loja do Guarujá na agenda de gente famosa do mundo inteiro que prima pelo bom gosto e cujas fotos fazem a alegria dos paparazzi nos verões da Europa.
Depois de usar os biquínis com corte brasileiro, as personalidades do mundo inteiro não se conformam com os tradicionais biquínis que tem a calcinha com corte de lingerie das marcas européias e americanas.
Com modelagem e inspiração nas praias do Rio de Janeiro, Biquinis Guarujá comercializa, antes das demais lojas, a coleção 2010, já disponível  na loja do Guarujá e para venda pela internet através da loja virtual.
Como sempre, as coleções 2010 estão elaboradas com atenção em cada detalhe, a qualidade dos materiais é percebida em todos os modelos, o forro elimina qualquer transparência e o tecido de toque suave molda ao corpo, enquanto o especial design garante conforto na hora de vestir.
Com visual que pode ir do clean ao muito chique, as estampas desta coleção apostam na combinação das cores e textura dos tecidos.
A coleção deste ano vai do biquíni comportado ao modelo com lacinhos.
O modelo cortininha traz agora a possibilidade de aumentar e diminuir a parte lateral e a parte de cima dos soutiens, e, também, das calcinhas.
Os bojos que caíram na preferência de mulheres com seio de todos os tamanhos e idade, estão disponíveis nos tamanhos P, M, G e GG, lisos e estampados, que podem ser comprados separadamente ou com peças lisas. A combinação de tamanhos nas peças também é possível.
Biquinis Guarujá pode ser visto na loja virtual www.biquinisatacado.com, no site www.biquinisguaruja.com.br e no blog www.biquinisguaruja.com que fotografa os biquínis não só nas modelos mas nas pessoas comuns que não tem o corpo de modelos. As mais gordinhas vão ficar muito felizes em ver nas fotos como ficarão com as calcinhas maiores (explicar que cobre e disfarça a barriga)
Compre na loja do Guarujá, Rua Mario Ribeiro 345/369, loja 25,
Telefone (13)3386-2744 - Nextel ID 24*2977 nosso e-mail é o falecomodono@hotmail.com

Jesus Luz o namorado da mega star Madonna faz sucesso.
Quem está com tudo está prosa é o modelo brasileiro Jesus Luz.
Guindado ao posto de mega modelo, o brasileiro namorado da cantora Madona circula no Rio de Janeiro aonde vai de limousine e guarda costas.
Como a desaparecida Cica Cicarelli, ex- mulher relâmpago de Ronaldo Fenômeno, Jesus Luz teve seus cachês mais do que multiplicados depois
do “affaire”.
Na foto, usando sunga de campanha milionária estreada na Europa que não traz Madonna de biquíni por motivos óbvios.
Passada dos cinquenta anos Madonna agora precisa dos truques de iluminação dos palcos para esconder os estragos da idade.

Publicado no site www.biquinisguaruja.com
Tags: biquínis,biquínis atacado,fabricas de biquínis,lojas de biquínis,Jesuz,Madonna, biquínis brasileiros,modelo brasileiro,Cicarelli,Ronaldo fenômeno



*********************
História do Biquíni

Saiba como surgiram os biquínis!
O biquíni é uma peça fundamental no guarda-roupa da mulher contemporânea, não importando qual modelo, o tamanho, cor ou estampa, porém nem sempre foi assim. Há dois séculos e as pessoas, principalmente as mulheres, não tinham o costume de ir à praia, somente no início do meados do século XIX quando os esportes começaram a ganha popularidade, especialmente a natação, as pessoas começaram ir à praia, surgiu então a necessidade de criar um traje para as mulheres se banharem em piscinas e praias. Esses trajes eram compostos por um "calção" até o joelho, uma túnica, uma capa longa amarada nos ombros, meia e sapatos. "Os trajes de banho nessa época cobriam o mais possível as formas das senhoras... depois o conforto foi dando suas ordens e os maiôs encurtando ... As pernas foram ficando inteiramente descobertas e surgiram os decotes nos ombros, colo e costas ...", afirma o pesquisador Fernando Moura Peixoto. Ele complementa: "mas o encurtamento prosseguiu e veio o duas-peças e depois o toque ousado com o biquíni".
O biquíni como o conhecemos foi apresentado ao publico em 3 de julho de1946, por Louis Réard em Paris. Porém o parisiense Jacques Heim reclama a autoria. Não se sabe ao certo a legitimidade da invenção. "A briga pela paternidade da diminuta indumentária rende até hoje, afirma o pesquisador Fernando Moura Peixoto. O nome "biquíni" provém do atol de Bikini, no arquipélago Marshall, localiza ao Sul do Pacífico, "na região da Micronésia, oeste da Oceania", completa o pesquisador. Nesta época eram realizados testes nucleares, de bombas atômicas, realizados pela Marinha dos EUA.
Réard "era um engenheiro mecânico desempregado que cuidava do ateliê da mãe, em Paris e aproveitou-se da idéia do estilista Jacques Heim, que criara um pequeno maiô de duas peças denominado "atome", átomo em francês, e confeccionou um tipo ainda menor, escandalizando a sociedade", diz Fernando Moura Peixoto. Talvez Réard profetizasse que sua invenção fosse cair no mundo da moda como uma bomba, como de fato foi o que aconteceu.
A sua idéia era tão devastadora que no inicio apenas poucas mulheres tiveram a coragem de exibir-se usando o biquíni. "O biquíni de Réar era tão pequeno e ousado que não houve manequim parisiense que aceitasse desfilar com ele. A solução encontrada foi apelar para Micheline Benardini, uma dançarina do Cassino de Paris que se apresentava nua em espetáculos musicais noturnos. Em julho de 1946, às margens do Rio Sena, ela posou então com o modelito cavado de Réard, desbancando o recente lançamento do compatriota e rival Heim. A audácia trouxe-lhe notoriedade e fama", declara o pesquisador. E mais: "Polêmico, logo proibido em diversos países e condenado pela Igreja, o biquíni revelava quase tudo, para o delírio da libido masculina" completa Fernando Moura.
O biquíni só se popularizou na década de sessenta devido a revolução sócio-cultural que acontecia no mundo, "entre elas o surgimento da pílula anticoncepcional e a eclosão da liberação feminina" diz Fernando. Com as mulheres buscando sua independência o biquíni era uma forma de expressar a liberdade.
"Seguiu-se mais de um decênio. A telona mágica as sétima arte contribuiu para a popularidade do biquíni, recheado pela sensualidade e o erotismo de atrizes como Janis Paige, Brigitte Badot, Sophia Loren, Gina Lollobrigida, Mylene Demongeot, Pascale Peti, Marisa Allasio, Rossana Podestá e, depois Ursula Andress e Rachel Welch, dentre tantas" afirma Fernando.
No Brasil, em pleno regime de ditadura o presidente Jânio Quadros resolveu proibi-lo nas praias brasileiras, mas como tudo que é proibido, o uso de biquínis cresceu e seu tamanho foi diminuindo. Surgiu no Brasil na década de setenta uma versão o modelos 'cortininha' que foi introduzido por Inês Mynsseen e outra versão ainda menor, a tanga que a bela atriz Rose di Primo desfilou nas praias cariocas, onde há registros de que até mulheres grávidas usaram o tal modelo, escandalizando a sociedade da época.
Nos anos oitenta com o início do culto ao corpo o Brasil choca o mundo com o "fio dental" que deixa quase todo o bumbum a mostra. Desde a tanga carioca o Brasil passou a editar moda praia, tornando-se uma grande referência desse universo, onde diversas confecções localizadas no Rio e Nordeste, exportam seus biquínis e criações beachwear, para o mundo.
Camila Preitas é aluna de graduação em Moda da Universidade Anhembi Morumbi.
Biquínis Guarujá www.biquinisguaruja.com.br
Vendemos os biquínis das mais famosas marcas na nossa loja do Guarujá e na loja virtual, pela internet com remessa  pelos Correios
Rua Mário Ribeiro 345/369 loja 25 Telefone: (13) 33862744 Nextel ID 24*52727


Escolha o biquíni certo e valorize seu corpo

O clima está esquentando e é hora de exibir o corpo nos novos modelos de biquíni. Neste verão eles seguem o estilo dos anos 70 e por isso têm uma modelagem mais discreta, mas o preferido das brasileiras, o top cortininha e as calcinhas de lacinhos continuam com tudo. Para arrasar no verão e valorizar ainda mais o corpo, confira qual modelo de biquíni combina mais com você.

Seios pequenos

Para mulher que tem seios pequenos o modelo ideal de top são o estilo cortininha, com bojo ou no estilo frente única. Os modelos tomara-que-caia com plissados também ajudam a dar mais volume aos seios.

Quadris estreitos

As calcinhas de lacinhos são ideais, seja de amarrar dos dois lados ou de um só. Também vale aquelas com as laterais bem estreitas. As calcinhas mais cavadas no bumbum também favorecem.

Seios grandes

Quem tem seios volumosos deve apostar nos sutiãs mais estruturados, como aqueles que têm um suporte logo abaixo do bojo. Também vale aqueles estilo faixa, mas com alças. Alguns seguem essa modelagem com um leve decote que garante mais o bronzeado.

O estilo frente-única também pode, contanto que o bojo seja maior, principalmente na altura, e que afina aos poucos para poder ser preso ao pescoço.

Quadris largos

Para as que têm o quadril muito largo, o ideal é usar as calcinhas tipo sungão ou mais fechadas no bumbum. Calcinhas de amarrar nas laterais também podem ser usadas, contanto que sejam menos cavadas. A calcinha de lateral mais larga é uma ótima escolha.

Dicas

Pernas compridas tronco curto
Para disfarçar aposte nas calcinhas de cintura baixa. Elas têm o podem de alongar o corpo.

Disfarçar a barriga

Quem não está em forma e aquela barriguinha está saltando aos olhos, use calcinha de cintura um pouco mais alta.

Criar volume

Para as que além do recurso da modelagem das peças quer criar uma ilusão de ótica de mais volume seja nos seios ou no bumbum, use cores claras ou estampas miúdas.

Diminuir o volume

Para tentar disfarçar o volume dos seios ou do bumbum aposte nas peças lisas e de cores escuras.

O que está na moda

Listras, poás (estampas de bolinhas), flores, folhagens, desenhos abstratos e tribais, preto e branco, azul marinho, vermelho, bege e tons vibrantes.
*********
Escolha o biquíni certo e valorize seu corpo

O clima está esquentando e é hora de exibir o corpo nos novos modelos de biquíni. Neste verão eles seguem o estilo dos anos 70 e por isso têm uma modelagem mais discreta, mas o preferido das brasileiras, o top cortininha e as calcinhas de lacinhos continuam com tudo. Para arrasar no verão e valorizar ainda mais o corpo, confira qual modelo de biquíni combina mais com você.

Seios pequenos

Para mulher que tem seios pequenos o modelo ideal de top são o estilo cortininha, com bojo ou no estilo frente única. Os modelos tomara-que-caia com plissados também ajudam a dar mais volume aos seios.

Quadris estreitos

As calcinhas de lacinhos são ideais, seja de amarrar dos dois lados ou de um só. Também vale aquelas com as laterais bem estreitas. As calcinhas mais cavadas no bumbum também favorecem.

Seios grandes

Quem tem seios volumosos deve apostar nos sutiãs mais estruturados, como aqueles que têm um suporte logo abaixo do bojo. Também vale aqueles estilo faixa, mas com alças. Alguns seguem essa modelagem com um leve decote que garante mais o bronzeado.

O estilo frente-única também pode, contanto que o bojo seja maior, principalmente na altura, e que afina aos poucos para poder ser preso ao pescoço.

Quadris largos

Para as que têm o quadril muito largo, o ideal é usar as calcinhas tipo sungão ou mais fechadas no bumbum. Calcinhas de amarrar nas laterais também podem ser usadas, contanto que sejam menos cavadas. A calcinha de lateral mais larga é uma ótima escolha.

Dicas

Pernas compridas tronco curto
Para disfarçar aposte nas calcinhas de cintura baixa. Elas têm o podem de alongar o corpo.

Disfarçar a barriga

Quem não está em forma e aquela barriguinha está saltando aos olhos, use calcinha de cintura um pouco mais alta.

Criar volume

Para as que além do recurso da modelagem das peças quer criar uma ilusão de ótica de mais volume seja nos seios ou no bumbum, use cores claras ou estampas miúdas.

Diminuir o volume

Para tentar disfarçar o volume dos seios ou do bumbum aposte nas peças lisas e de cores escuras.

O que está na moda

Listras,  poás (estampas de bolinhas), flores, folhagens, desenhos abstratos e tribais, preto e branco, azul marinho, vermelho, bege e tons vibrantes.

Como conservar seus biquínis
Lave-os com sabão neutro em água fria para retirar resíduos de cremes bronzeadores, protetor solar, óleos etc.

Nunca deixe seu biquíni de molho.

Nunca guarde-o molhado em saco plástico.

Lave-o manualmente, não utilize máquina de lavar, máquina de secar ou lave-o a seco.

O uso prolongado em piscinas com excesso de cloro diminui a durabilidade da peça.

Não passe a ferro.

As cores cítricas têm menor resistência a luz.
Revendedores
Atendemos lojas especializadas interessadas em revender nossos produtos. Desenvolvemos também coleções personalizadas de acordo com o perfil do cliente varejista.
Biquinis Guarujá www.biquinisguaruja.com.br
Vendemos na nossa loja do Guarujá e na loja virtual para todo o mundo
Rua Mário Ribeiro 345/369 loja 25-Guarujá- Telefone: (13) 33862744 Nextel ID 24*52727

*************************



Escolha o biquíni certo e valorize seu corpo

O clima está esquentando e é hora de exibir o corpo nos novos modelos de biquíni. Neste verão eles seguem o estilo dos anos 70 e por isso têm uma modelagem mais discreta, mas o preferido das brasileiras, o top cortininha e as calcinhas de lacinhos continuam com tudo. Para arrasar no verão e valorizar ainda mais o corpo, confira qual modelo de biquíni combina mais com você.

Seios pequenos

Para mulher que tem seios pequenos o modelo ideal de top são o estilo cortininha, com bojo ou no estilo frente única. Os modelos tomara-que-caia com plissados também ajudam a dar mais volume aos seios.

Quadris estreitos

As calcinhas de lacinhos são ideais, seja de amarrar dos dois lados ou de um só. Também vale aquelas com as laterais bem estreitas. As calcinhas mais cavadas no bumbum também favorecem.

Seios grandes

Quem tem seios volumosos deve apostar nos sutiãs mais estruturados, como aqueles que têm um suporte logo abaixo do bojo. Também vale aqueles estilo faixa, mas com alças. Alguns seguem essa modelagem com um leve decote que garante mais o bronzeado.

O estilo frente-única também pode, contanto que o bojo seja maior, principalmente na altura, e que afina aos poucos para poder ser preso ao pescoço.

Quadris largos

Para as que têm o quadril muito largo, o ideal é usar as calcinhas tipo sungão ou mais fechadas no bumbum. Calcinhas de amarrar nas laterais também podem ser usadas, contanto que sejam menos cavadas. A calcinha de lateral mais larga é uma ótima escolha.

Dicas

Pernas compridas tronco curto
Para disfarçar aposte nas calcinhas de cintura baixa. Elas têm o podem de alongar o corpo.

Disfarçar a barriga

Quem não está em forma e aquela barriguinha está saltando aos olhos, use calcinha de cintura um pouco mais alta.

Criar volume

Para as que além do recurso da modelagem das peças quer criar uma ilusão de ótica de mais volume seja nos seios ou no bumbum, use cores claras ou estampas miúdas.

Diminuir o volume

Para tentar disfarçar o volume dos seios ou do bumbum aposte nas peças lisas e de cores escuras.

O que está na moda

Listras,  poás (estampas de bolinhas), flores, folhagens, desenhos abstratos e tribais, preto e branco, azul marinho, vermelho, bege e tons vibrantes.

Como conservar seus biquínis
Lave-os com sabão neutro em água fria para retirar resíduos de cremes bronzeadores, protetor solar, óleos etc.

Nunca deixe seu biquíni de molho.

Nunca guarde-o molhado em saco plástico.

Lave-o manualmente, não utilize máquina de lavar, máquina de secar ou lave-o a seco.

O uso prolongado em piscinas com excesso de cloro diminui a durabilidade da peça.

Não passe a ferro.

As cores cítricas têm menor resistência a luz.
Revendedores
Atendemos lojas especializadas interessadas em revender nossos produtos. Desenvolvemos também coleções personalizadas de acordo com o perfil do cliente varejista.
Biquinis Guarujá www.biquinisguaruja.com.br
Rua Mário Ribeiro 345/369 loja 25 Telefone: (13) 33862744 Nextel ID 24*52727




Como conservar seus biquínis
Lave-os com sabão neutro em água fria para retirar resíduos de cremes bronzeadores, protetor solar, óleos etc.

Nunca deixe seu biquíni de molho.

Nunca guarde-o molhado em saco plástico.

Lave-o manualmente, não utilize máquina de lavar, máquina de secar ou lave-o a seco.

O uso prolongado em piscinas com excesso de cloro diminui a durabilidade da peça.

Não passe a ferro.

As cores cítricas têm menor resistência a luz.
Biquinis Guarujá www.biquinisguaruja.com.br
Rua Mário Ribeiro 345/369 loja 25 Telefone: (13) 33862744 Nextel ID 24*52727
Monique Perez Miss Guarujá 2008 é a garota propaganda da Chiquita Bakana Biquinis e Guarujá biquinís.
Atacado,varejo,loja virtual www.biquinisguaruja.com.br


Assessoria de Imprensa Marinho Guzman MTb 16.207 com escritórios, lojas e tudo mais que o empresário precisa para se estabelecer no Guarujá na temporada.
Alvarás,licenças certidões etc. Somos uma empresa de múltiplas atividades no Guarujá.
Se você tem uma idéia, projeto,serviço ou precisa divulgar seu produto no Guarujá não deixe de nos consultar.
             
NOVELA VIVER A VIDA
Moda, estilo e make up da novela "Viver a Vida"
31.08.09 :: Texto : Aline Santana || Fotos : Marcelo Dutra
             
“Viver a Vida”, nova novela de Manuel Carlos, que estreia em setembro
na TV Globo, escolheu a orla Bardot da cidade de Búzios, no litoral fluminense,
para a gravação de desfile que movimentará os primeiros capítulos da trama.
A jornalista Aline Santana e fotógrafo Marcelo Dutra apresentam para os leitores
do sortimentos.com a moda, estilo e make up da novela "Viver a Vida".


MODA & NOVELA
A figurinista Marie Salles, juntamente com a produtora de moda paulista
Paula Lang, pesquisaram muito para os cinco editoriais de moda que a novela
apresentará em lugares diferentes e conceituais: Museu de Niterói – MAC,
Cais do Porto, Paris no Museu de Arquitetura, Marina da Glória e estúdio.
Além disso, está previsto a gravação de três 3 desfiles. Dois já aconteceram,
um em Petro, na Jordânia e outro recente em Búzios. O terceiro deverá ocorrer
em Paris. No segundo desfile em Búzios, Marie e Paula apresentaram uma moda
praia inspirada nos balneários sofisticados de Saint Tropez e Ibiza. O desfile
exibiu peças das marcas Lenny, Cia Marítima, Poko Pano, Clube Bossa
e de outras grifes 'moda praia chic'. Os calçados forma da marca MIEZKO,
que levou à passarela sandálias douradas com salto altíssimo. O desfile também
mostrou muitos acessórios 'gigantes' e pulseiras nos braços. As estrelas Taís Araújo
e Alinne Moraes, desfilaram com biquíni da Cia Marítima e Clube Bossa.

Para o figurino filmado na Jordânia, Marie usou como referência um ensaio
da revista Vogue América, de março de 2009, clicado por Patrick Demachelier,
com a modelo Liya Kebede. O ensaio tem todo um clima de safári; tema perfeito
para a transição entre inverno e verão. Beges, cáquis e verdes mais apagados
recebem contrastes de fúcsia, criando um pequeno e intenso jogo cromático
que constitui a cartela de cores. Enquanto isso, onças, florais graúdos e folhagens
fazem parte das padronagens e estampas. Os aviamentos são essencialmente
dourados foscos e envelhecidos. O estilo safári é bastante requintado,
e promete fazer sucesso tanto no universo casual quanto no mundo elegante
e requintado. Aqui no Brasil, ele provavelmente será difundido de maneira forte
por meio da novela, que começa justamente na época de transição entre as duas
estações mais extremas do ano.O figurino da antagonista, Luciana, interpretada
por Alinne Moraes também será marcante. O estilo será o boho.


MAKE UP E HAIR STYLIST
Fernando Torquatto foi o responsável pelo “look fresh” e sofisticado das atrizes
e das modelos do desfile. O maquiador utilizou cílios postiços bem longos,
que voltam com tudo para o Verão 2010. A boca é muito vermelha e marcada.
A maçã do rosto é levemente bronzeada e os corpos todos com muito hidratantes
auto-bronzeadores. A beleza dos cabelos traduziu-se num look preso,
muito liso e com aplique. Torquatto afirmou que está se divertindo muito
com a novela. “Eu lido com mulheres reais, belíssimas e ao mesmo tempo agrego
moda. Faço o make me divertindo”.


Biquinis 2010
Cada vez mais, a moda está flexível na modelagem, texturas e cortes. Não há muitas regras!
É só uma questão de gosto. De bom gosto.
As mulheres podem escolher de acordo seu corpo e isso é a moda.
 E são muitas as opções da moda para o verão 2010.
As modelagens das calcinhas são mais amplas. Você já observa nas lojas especializadas em biquínis! Para quem gosta dos menores, eles também estão disponíveis em “cortininha”, lacinho e fio dental.
As estampas e cores seguem as tendências. Para os lisos, nos biquínis, as cores continuam sendo o verde, o branco, o roxo e os tons terra aparecem com tudo. O pretinho e o branco estão em todas as coleções.
As estampas como onça, pele de cobra, o náutico, as listras, as formas geométricas estão em alta. Algumas grifes até apostaram no floral. Só mudaram as cores predominantes e não são a tendência mais forte.
 Para a praia
Os detalhes aparecem em argolas e outras aplicações de metal seguindo tons ouro e prata.
A parte superior dos biquínis traz os bojos que dão melhor sustentação aos seios! Para quem quer “avantajar” essa parte, é uma boa !   O bojo torcido e o tomara-que-caia estão com tudo!
Os maiôs aparecem com decotes, recortes variados, cavas comportadas, que disfarçam os quadris maiores e deixam a mulher mais chique e clássica!
Sem sombra de dúvidas, as grandes marcas brasileiras influenciam as tendências de biquínis e maiôs em todo o mundo.
Com tantas opções não é difícil escolher. Não fique fora dessa! Vestir-se bem requer mais bom gosto do que propriamente ter muito dinheiro, aproveite desde já a moda de 2010.
 A Biquinis Guarujá comercializa algumas das melhores marcas disponíveis no mercado.
Atacado e varejo, pronta entrega, na loja do Guarujá ou pela internet.
Veja no nosso site www.biquinisguaruja.com.br  a nova loja virtual terá um link  a partir de 23 de setembro de 2009.
 Já a loja, na Rua Mário Ribeiro 345/369,- Praia de Pitangueiras, Guarujá e você pode ver e pegar na mão e comprar no varejo por preço de atacado ou de fábrica, dependendo da quantidade mínima, que não é grande.
O telefone da loja é (13)3386-2744 Nextel ID 24*2977.




moda infantil;agua doce;fabrica de;Palavras-chave;Biquínis;biquinis brasileiros;moda biquínis;loja biquínis;micro biquínis;modelos biquínis;lenny biquínis;biquinis salinas;agua de coco biquínis;sais biquínis;blue man biquínis;biquinis poko pano;biquinis cia marítima;biquinis agua doce;biquinis verão;biquinis rosa chá;fotos biquínis;marcas biquínis;biquinis rosa cha;fabrica de biquínis;fashion biquínis;moda praia biquínis;carolgava biquínis;oceanica biquínis;mini biquínis;arere biquínis;sos biquínis;angora biquínis;ph biquínis;tipos de biquínis;biquinis 2009;liquido biquinislíquido biquínis;biquinis ousados;aquamare biquínis;biquinis bojo;jangada biquínis;rygy biquínis;biquinis cortininha;biquinis beachwear;biquinis tomara que caia;ki korpo biquínis;bambu biquínis;biquinis de bojo;moda de biquínis;gordinhas de biquínis;biquinis cia marítima;dona flor biquínis;liquido biquinis e maios;loja de biquinis liquido;biquinis verao 2009;mulheres biquínis;fotos de biquínis;biquinis exportação;loja de biquínis;marca biquínis;famosas biquínis;biquinis Brasil;beira mar biquínis;biquinis minúsculos;biquinis avulsos;biquinis bordados;bum bum biquínis;biquinis online;biquinis on line;site de biquínis;sites de biquínis;site biquínis;coral biquínis;silvia biquínis;integra biquínis;salsa biquínis;maios e biquínis;biquinis e maiôs;lojas liquido biquínis;modelos de biquínis;biquinis na moda;sol da barra biquínis;apneia biquínis;modelos de biquinis 2009;salinas biquinis 2009;coleção de biquínis;magia do mar biquínis;coleção de biquinis 2009;biquinis coleção 2009;biquinis para 2009;biquinis da moda;banco de areia biquínis;biquinis verão 2009;biquini e maiô;biquini água de coco;loja de biquini liquido;biquini blue man;loja liquido biquíni;modelos de biquini verão 2009;moda biquini 2009;moda de biquíni;biquini de bojo;coleção de biquin;liquido biquíni;biquini agua de coco;biquini coleção 2009;biquini listrado;biquini cia marítima;biquini sol da barra;biquini verão 2009;biquini lenny;monte seu biquíni;salinas biquíni;gordinhas de biquíni;biquini banco de areia;modelos de biquíni;biquini tomara que caia torcido;moda praia biquíni;biquini verao 2009;biquini bojo;desfile de biquínis;biquini tomara que caia;fabrica de biquíni;modelos biquíni;fábrica de biquíni;biquini cortininha;biquini de oncinha;biquini oncinha;modelos de biquinis para gordinhas;biquini rosa cha;líquido biquíni;biquinis c&a;biquinis BH;eloa de biquíni;maira de biquíni;site de biquíni;ana bbb9 biquini;biquinis gg;miss biquíni;loja de biquíni;sos biquíni;site biquíni;biquini show;menor biquíni;bbb9 biquini;biquini 80;biquini cavdao;biquini;cavdão;biquini on line;biquini online;biquini verde;blog biquíni;fashion biquíni;youtube; biquíni;biquini; Palavras-chave biquíni ;fabrica;fabricaságua; doce;meninas;mulheres;lingeries;coleção;blueman;salinas;cintos;Cangas;atacado;roupa;sunga;lojas;saída;confecção;rosa cha;rosa chá;agua de coco;cia marítima;biquinis; crochê;calcinha;roupas;calcinhas;poko pano;sungas;biquine;fio dental;maiô;maiôs;maios;água doce biquínis;moda 2006;
Biquini e bronzeado de novela...
Novela,novidade,moda,biquínis e bronzeado... É verão!

Verão é tempo para ir a praia e tomar  sol para obter aquele bronze, mas pode ser perigoso. O sol em excesso pode causar vários problemas a pele.
Obter aquela marquinha sexy de biquíni sem “ queimar”  requer  cuidados e paciência, dependendo da sua cor da sua pele.
O bronzeamento é um processo gradual na produção e liberação de melanina (proteína responsável pela pigmentação da pele), por isso exagerar no tempo de exposição irá causar queimaduras em peles não preparadas.
Alimentação:
Antes da exposição solar é importante observar sua alimentação. Uma alimentação rica em verduras e frutas é importante devido suas vitaminas. Frutas e verduras como cenoura, abóbora, beterraba, mamão, manga e batata doce são ricos em beta caroteno, substancia que é favorável ao bronzeamento da pele.
O caroteno esta presente em quantidades menores em vegetais folhosos como couve, repolho, espinafre, agrião e brócolis.
Tipo de pele e o fator de proteção:
Como todo mundo sabe a pele mais clara “queima” mais do que a escura e por isso é importante saber qual nivel nosso protetor deve ter.
Nas primeiras semanas é recomendável a utilização de um FPS (Fator de Proteção Solar) alto, 15 ou mais.
O protetor solar leva de 20 a 30 minutos para atingir sua máxima proteção, por isso evite ao máximo se expor neste intervalo de tempo. Aplicação de uma camada generosa protege mais que uma camada fina e deve ser reaplicado a cada 2 horas ou quando mergulhar ou transpirar muito.
Utilize protetor solar devidamente certificado e de boa qualidade.
Horário de exposição solar:
No Brasil o horário com maior incidência de raios ultravioleta B esta entre 10:00 e 16:00, portanto não dispense o protetor.
Antes das 10:00 e depois das 16:00 são horários com maior incidência de ultravioleta A, o mesmo utilizado em câmaras de bronzeamento. Não se deve abusar, pois apesar de não queimar, causa envelhecimento precoce a sua pele e pode deixar mais suscetível a câncer.
Câmaras de bronzeamento artificial:
Uma maneira rápida, porem arriscada. Envelhece a pele a longo prazo além de causar rugas, manchas e predispor ao câncer, portanto não é recomendada para quem se preocupa com a saúde de sua pele.
Auto-bronzeadores
Perfeito para quem quer ter um bronzeado rápido e seguro. São cremes ou loções que provocam uma reação química na parte mais externa da pele tornado-a escura. O uso de auto-brozeadores não dispensa o protetor solar, uma vez que o auto-bronzeamento produz melanoidina que não é capaz de bloquear os raios ultravioleta.
Obter aquela desejada marquinha de biquíni no verão é bom e com saúde é melhor ainda. O segredo é começar cedo e com paciência, afinal mais vale um bronze firme e duradouro do que uma pele descamada.
Referência: [www.dermatologia.net]
Biquinis Guarujá www.biquinisguaruja.com.br
Loja do Guarujá Rua Mário Riberiro 345/369 loja 25 Praia de Pitangueiras
Telefone 13-3386-2744   Nextel  ID-24*2977
Miranda Kerr posa de biquíni e deixa parte dos seios à mostra, em maio tomara que caia nos bastidores de ensaio
Modelo fotografou na Austrália para a revista "Grazia"
QUEM ONLINE

Miranda Kerr foi flagrada com parte dos seios à mostra enquanto participava de uma sessão de fotos para a revista "Grazia". Com um maiô tomara que caia decotado, a namorada de Orlando Bloom fez poses sensuais para os fotógrafos na parte de cima do Museu de Arte Contemporânea, próximo a ponte de Sidney, na Austrália.
Recentemente, a modelo australiana tirou a roupa para a nova campanha de uma linha de produtos orgânicos, chamada Kora. Esta não foi a primeira vez que Miranda posou nua. A top mostrou suas curvas em uma edição especial da revista "Rolling Stone" para preservação dos coalas no mês de junho.

A história do Biquini

Se há um setor do vestuário em que o Brasil está na frente, sem duvida é o de moda praia. Além de ser o país em que mais fabrica e consome esse tipo de roupa, o Brasil avançou em tecnologia e modelagem ao longo dos anos. O biquíni brasileiro é conhecido e reconhecido internacionalmente, não só por seu estilo mais ousado e por sua qualidade como também pela criatividade dos modelos, que os tornam diferentes dos outros fabricados em outros países.
Apesar de toda essa vocação natural em relação aos trajes de banho, o biquíni não é uma invenção nacional. Ele foi inventado pelo estilista francês Louis Réard, e recebeu esse nome em homenagem ao Atol de Bikini, uma área do Oceano Pacífico onde os americanos, em 1946, haviam realizado uma explosão atômica experimental.
O biquíni não emplacou logo de cara. O primeiro modelo – todo em algodão com estamparia imitando a página de um jornal – se comparado aos de hoje, era comportado até demais, no entanto, nenhuma modelo da época quis participar da divulgação do pequeno traje.
No Brasil, o biquíni começou a ser usado no final dos anos 50, pelas vedetes Carmem Verônica e Norma Tamar, o que atraíam multidões para as areias da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro; e mais tarde, pela maioria decidida a aderira o traje que viria se tornar parte da história das praias cariocas.
Na década de 60 o designer norte-americano Rudi Gernreich dispensou a parte de cima do traje e fez surgir o topless. No Brasil, essa moda não fez tanto sucesso quanto nas praias da Europa. Mas foi no início dos 70, que um novo modelo de biquíni brasileiro, ainda menor, surgiu para mudar o cenário e conquistar o mundo – a famosa tanga.
Durante os anos 80 surgiram outros modelos, como o asa-delta e o de lacinho nas laterais, além do sutiã cortininha. E quando o biquíni já não podia ser menor, surgiu o imbatível fio-dental, ainda o preferido entre as mais jovens.
Nos anos 90, a moda praia passou a ocupar um espaço ainda maior na moda. Entre roupas e acessórios passaram a fazer parte dos trajes de banho como a saída de praia, as sacolas coloridas, os chinelos, óculos, chapéus, cangas e toalhas. Os modelos se multiplicaram. E ao longo dos anos foram surgindo tecidos cada vez mais resistentes e apropriados para banho de mar e de piscina.
A partir daí o biquíni se tornou um objeto indispensável no guarda-roupa das pessoas que moram em regiões litorâneas. Cada vez a moda de trajes de banho ganha espaço no cenário nacional e internacional, refletindo as mais tendências, estilos e comportamento.


Com ingressos de R$ 800 a R$ 1.400, Fashion Rocks traz Mariah Carey ao Rio
Evento combina música pop e moda neste sábado (24), no Jockey Club. 
‘O valor do ingresso é até baixo’, afirma organizador.

Do G1, no Rio

O evento promete atrair 5 mil pessoas ao Jockey Club do Rio (Foto: Henrique Porto/G1)
Com ingressos que variam entre R$ 800 e R$ 1.400, começa nesta sexta-feira (22), no Rio, o evento Fashion Rocks, que promete combinar música – com shows de Mariah Carey e do rapper Diddy, entre outros – e desfiles de moda, trazendo grifes internacionais como Marc Jacobs, Calvin Klein, Givenchy e a brasileira Lenny. 

Com R$ 1.400 dá para realizar delírios de consumo de fãs de moda: três vidros do perfume Daisy by Marc Jacobs, o mais famoso do designer, três pares de jeans da Calvin Klein ou oito biquínis da marca Lenny. E ainda sobra um troco para o cafezinho. Mas os organizadores garantem que a procura do público foi grande e que as entradas mais caras estão esgotadas.
 

“Acho que o valor do ingresso é até baixo. Não acho que o preço do ingresso seja alto, não. Existe essa coisa no Brasil. E, por isso, a gente acaba não conseguindo trazer grandes atrações”, afirma Bazinho Ferraz, que comanda a edição brasileira do Fashion Rocks, realizado anteriormente em cidades da Europa e nos EUA. 


Programação
O evento começa nesta sexta com um ciclo de palestras com nomes da moda, dirigidas a estudantes universitários, seguidas de um jantar para convidados com um leilão de peças das grifes participantes, que acontecerá no hotel Copacabana Palace. 

Para o público em geral, as atrações começam no sábado (24), em que oito shows de música pop e oito desfiles de moda acontecerão simultaneamente no palco de 540 m² que foi montado no Jockey Club do Rio. Segundo a assessoria do evento, serão cerca de três horas de espetáculo e o público esperado é de 5 mil.

Entre as apresentações musicais estão a cantora Mariah Carey, Grace Jones, o rapper Diddy (também conhecido como Puff Daddy), Ciara, Estelle, a dupla Wanessa e Ja Rule, a banda Stop Play Moon e Daniela Mercury.
 

Já a passarela do Fashion Rocks será dividida entre as grifes internacionais Marc Jacobs, Versace, Givenchy, Calvin Klein Collection e as brasileiras Alexandre Herchcovitch, André Lima, Lenny e Lino Villaventura. As peças exibidas nos desfiles não serão inéditas, mas um apanhado de coleções recentes. Os organizadores não divulgaram a ordem das apresentações.


O Fashion Rocks é um evento internacional que começou em Londres em 2003 e já teve edições em diversos países da Europa e nos EUA, em que já se apresentaram artistas como Jamiroquai, Beyoncé, Elton John, Foo Fighters, David Bowie e outros.
 

No exterior, o evento também já teve desfiles de Calvin Klein, Giorgio Armani e Stella McCartney. O criador do São Paulo Fashion Week, Paulo Borges, é o responsável pela coordenação de moda da edição brasileira do evento, a primeira da América Latina.


Ainda há ingressos à venda no
 site do evento. 


*********************
História do Biquini

Saiba como surgiram os biquinis! 



O biquíni é uma peça fundamental no guarda-roupa da mulher contemporânea, não importando qual modelo, o tamanho, cor ou estampa, porém nem sempre foi assim. Há dois séculos atrás e as pessoas, principalmente as mulheres, não tinham o costume de ir a praia, somente no início do meados do século XIX quando os esportes começaram a ganha popularidade, especialmente a natação, as pessoas começaram ir à praia, surgiu então a necessidade de criar um traje para as mulheres se banharem em piscinas e praias. Esses trajes eram compostos por um "calção" até o joelho, uma túnica, uma capa longa amarada nos ombros, meia e sapatos. "Os trajes de banho nessa época cobriam o mais possível as formas das senhoras ... depois o conforto foi dando suas ordens e os maiôs encurtando ... As pernas foram ficando inteiramente descobertas e surgiram os decotes nos ombros, colo e costas ...", afirma o pesquisador Fernando Moura Peixoto. Ele complementa : "mas o encurtamento prosseguiu e veio o duas-peças e depois o toque ousado com o biquíni".

O biquíni como o conhecemos foi apresentado ao publico em 3 de julho de1946, por Louis Réard em Paris. Porém o parisiense Jacques Heim reclama a autoria. Não se sabe ao certo a legitimidade da invenção. "A briga pela paternidade da diminuta indumentária rende até hoje, afirma o pesquisador Fernando Moura Peixoto. O nome "biquíni" provem do atol de Bikini, no arquipélago Marshall, localiza ao Sul do Pacífico, "na região da Micronésia, oeste da Oceania", completa o pesquisador. Nesta época eram realizados testes nucleares, de bombas atômicas, realizados pela Marinha dos EUA.

Réard "era um engenheiro mecânico desempregado que cuidava do ateliê da mãe, em Paris e aproveitou-se da idéia do estilista Jacques Heim, que criara um pequeno maiô de duas peças denominado "atome", átomo em francês, e confeccionou um tipo ainda menor, escandalizando a sociedade", diz Fernando Moura Peixoto. Talvez Réard profetizasse que sua invenção fosse cair no mundo da moda como uma bomba, como de fato foi o que aconteceu.

A sua idéia era tão devastadora que no inicio apenas poucas mulheres tiveram a coragem de exibir-se usando o biquíni. "O biquíni de Réar era tão pequeno e ousado que não houve manequim parisiense que aceitasse desfilar com ele. A solução encontrada foi apelar para Micheline Benardini, uma dançarina do Cassino de Paris que se apresentava nua em espetáculos musicais noturnos. Em julho de 1946, às margens do Rio Sena, ela posou então com o modelito cavado de Réard, desbancando o recente lançamento do compatriota e rival Heim. A audácia trouxe-lhe notoriedade e fama", declara o pesquisador. E mais: "Polêmico, logo proibido em diversos países e condenado pela Igreja, o biquíni revelava quase tudo, para o delírio da libido masculina" completa Fernando Moura.

O biquíni só se popularizou na década de sessenta devido a revolução sócio-cultural que acontecia no mundo, "entre elas o surgimento da pílula anticoncepcional e a eclosão da liberação feminina" diz Fernando. Com as mulheres buscando sua independência o biquíni era uma forma de expressar a liberdade.

"Seguiu-se mais de um decênio. A telona mágica as sétima arte contribuiu para a popularidade do biquíni, recheado pela sensualidade e o erotismo de atrizes como Janis Paige, Brigitte Badot, Sophia Loren, Gina Lollobrigida, Mylene Demongeot, Pascale Peti, Marisa Allasio, Rossana Podestá e, depois Ursula Andress e Rachel Welch, dentre tantas" afirma Fernando.

No Brasil, em pleno regime de ditadura o presidente Jânio Quadros resolveu proibi-lo nas praias brasileiras, mas como tudo que é proibido, o uso de biquínis cresceu e seu tamanho foi diminuindo. Surgiu no Brasil na década de setenta uma versão o modelos 'cortininha' que foi introduzido por Inês Mynsseen e outra versão ainda menor, a tanga que a bela atriz Rose di Primo desfilou nas praias cariocas, onde há registros de que até mulheres grávidas usaram o tal modelo, escandalizando a sociedade da época.

Nos anos oitenta com o início do culto ao corpo o Brasil choca o mundo com o "fio dental" que deixa quase todo o bumbum a mostra. Desde a tanga carioca o Brasil passou a editar moda praia, tornando-se uma grande referência desse universo, onde diversas confecções localizadas no Rio e Nordeste, exportam seus biquínis e criações beachwear, para o mundo.


Camila Preitas é aluna de graduação em Moda da Universidade Anhembi Morumbi.


A classe C está com tudo
Todos os olhos do mercado voltam-se para os hábitos de 86 milhões de pessoas, quase a metade da população
Vera Fiori - O Estado de S.Paulo
Duas pesquisas, uma da CO.R Inovação, empresa de branding, e outra da agência Mc Cann Erickson, derrubam alguns estereótipos acerca da emergente classe C, como a ideia de que esses consumidores gostariam de fazer compras no comércio mais sofisticado ou de que seguem a moda à risca. Nem uma coisa nem outra. Segundo um estudo feito em março pela Mc Cann Erickson – mil questionários com casais entre 20 e 65 anos, de Recife, São Paulo, Rio, Porto Alegre e Goiânia –, 68% dos entrevistados sentem-se desprezados pelos ricos e 55% declaram ser avessos a produtos comercializados em lugares considerados chiques. "É curioso perceber que a classe C deseja consumir mais, porém não demonstra a preocupação em mudar de classe", afirma Aloísio Pinto, vice-presidente de planejamento da agência.
DECOTES – Em alta, roupas que deixam partes do corpo à mostra
JEANS – Consumidoras preferem calças justas e de cintura baixa
Na hora de ir às compras, as amigas são as grandes conselheiras (28,2%), seguidas por profissionais dos salões (21,6%), revistas (20,7%), novelas e filmes (7,8%). Poucos fazem uso do cartão de crédito, com medo de endividamento. O uso moderado do cartão faz parte da realidade de 67% dos entrevistados, e o contingente dos que não possuem conta corrente ultrapassa a casa dos 30%.
Já no campo da moda, como observa a publicitária Mari Zampol, diretora da CO.R – que mapeou o comportamento de consumo de famílias paulistanas com renda entre R$ 1.115,00 e R$ 4.807,00, universo que compõe a classe C, segundo parâmetros definidos pela Fundação Getúlio Vargas – as passarelas do São Paulo Fashion Week, bem como os padrões de beleza que enaltecem o corpo das modelos, não fazem a cabeça das jovens (200 entrevistadas, entre 18 e 25 anos). "Elas não cobiçam ser loiras, magras e ter 1,80 metro de altura. Procuram figuras femininas que tenham um pouco delas. A identificação está nas semelhanças, e não nas diferenças. Quero ficar bonita e gostosa é a frase mais ouvida", observa. Mari pediu às entrevistadas que abrissem seus armários e, assim, mais uma surpresa:
– Enquanto nas classes A/B o chique é descoordenar cores , na C elas fazem questão de combinar bolsa e sapato. Além da segurança do acerto, passam a ideia de que se dedicaram na hora de se arrumar. O brilho que aparece no jeans se repete na alça da bolsa. A lingerie é um item especial. Muitas vezes, a produção começa pelo sutiã e sempre com um detalhe aparecendo, como a alça ou uma parte do bojo de oncinha. E aí o sapato ou cinto vai ter um detalhe da mesma estampa. Também é comum colocarem um sapato dentro da bolsa, no caso de saírem depois do trabalho, já que as distâncias entre um ponto e outro são longas e não compensa voltar para casa e se trocar.
NOS PÉS – As sandálias anabela não podem faltar nas produções
As informações correm mais pelo boca a boca do que por meio de jornais e revistas: "As novelas causam impacto e, praticamente, todas acessam o Orkut." E, ao contrário das classes A e B – com as quais tem, como único ponto de concordância estético, o cabelo liso e chapado –, não há uma preocupação em abastecer o guarda-roupa com grifes, nem de seguir tendências que não valorizam o corpo. "Um exemplo é a calça saruel, rejeitada pela maioria das entrevistadas por esconder as formas. Preferem os jeans justos de cintura bem baixa."
Lenços, echarpes, sobreposições, enfim, tudo que cobre muito partes do corpo não é com elas: "No quesito acessórios usam muitos enfeites de cabelo, flores, presilhas e também investem em bolsas, sapatos e muitas sandálias". O nude, nova coqueluche fashion, nem pensar: "As consumidores da classe C não têm nenhum problema em usar cores. Para elas, o colorido ajuda a valorizar a beleza de cada uma como olhos, cabelos, pele. Outro motivo é que o branco, depois de tomar quatro conduções, não rola". Para bater perna, as moradoras da Zona Leste, por exemplo, gostam dos shoppings da região com preços mais acessíveis. Outra opção é o comércio dos centros atacadistas, como Brás e Bom Retiro. "Vão em grupos, quando a compra envolve uma festa ou evento especial."

VAREJO AQUECIDO

Algumas lojas de varejo se consolidaram atendendo essa fatia de mercado, caso da tradicional rede Riachuelo, como observa José Antonio Rodrigues, diretor de Crédito e Risco: "Estamos sempre atentos aos movimentos dessa classe social, que cresceu muito em tamanho nos últimos anos, influenciada principalmente pela migração das classes sociais D e E." Segundo Rodrigues, o mais importante desse movimento é o aumento do poder da classe C no consumo interno, impulsionado pelo aumento do crédito, facilidade de pagamento, aumento do salário mínimo e maior participação da mulher na renda familiar.
Uma das três maiores redes de varejo de moda do País, a Riachuelo conta com 104 lojas distribuídas por todo o Brasil. A faixa etária do público consumidor concentra-se entre18 e 37 anos, sendo 75% das classes C, D e E, fazendo jus ao slogan "moda ao alcance de todos". No mailing, há 15 milhões de clientes, 61% de mulheres. Segundo José Antonio Rodrigues, outra importante característica da empresa é a concessão de crédito para essa classe social há mais de 20 anos, por meio de seu cartão private label.
BONS PREÇOS
O Bom Retiro atrai pessoas vindas de bairros distantes, atrás de preços e novidades. A dona de casa Marta Chaves, mãe de três filhos com idades entre 8 e 20 anos, mora na Água Fria e foi até a rua José Paulino comprar roupas para as filhas adolescentes. Na banca de saldos, tentava achar alguma peça que "fosse a cara" das meninas. "Gosto de vir aqui porque tem muita variedade, bons preços e qualidade", afirma.
Andando apressadas rumo ao trabalho e com roupas idênticas (jeans justos, botas pesadas e casacos de náilon), as amigas Luciana de Oliveira, moradora da zona oeste, e Marilia Nunes, de Ferraz de Vasconcelos, compram uma vez ou outra no bairro, apesar de trabalharem na região. "Quando saímos, as lojas já estão fechadas, mas no caminho às vezes dá para ver uma ou outra peça", dizem. Marilia, com cabelo escorrido, enfeitado por uma flor, e blush pink carregado nas maçãs, conta que adora maquiagem e que reserva uma quantia por mês para roupas e cosméticos. Já Luciana, mãe e chefe de família, é mais comedida nos gastos. Para elas, calças boy friend e saruel, de modelagem ampla, não estão com nada. "Preferimos jeans que valorizam mais o corpo." Fonte de inspiração? "Seguimos uma moda própria mesmo", falam acrescentando que nunca copiaram looks de novelas.
Também as lojas de departamentos atraem as consumidoras, que, em sua maioria, parcelam as compras no cartão exclusivo das lojas. Usando jeans, bolsa transada, lenço de seda no pescoço, bijuterias vistosas e maquiagem caprichada, a advogada Karoline Modesto aproveitou a hora do almoço para olhar as novidades de moda na C&A do shopping West Plaza. Consumista assumida e fã número um da controversa calça saruel, conta que se informa por meio da TV e de revistas femininas. "Além da moda e dos preços, a vantagem de comprar nos magazines é que a primeira parcela vence em 60 dias", conta.
Olhando a seção de biquínis, a consultora de beleza Neide Rodrigues disse preferir o conforto dos shoppings. "No Bom Retiro há poucas lojas com provadores", justificou, contando que se identifica com o estilo esporte social de Patricia Poeta, apresentadora do Fantástico, programa da Rede Globo. Usando jeans justo e top de alcinhas, apesar do friozinho da manhã, disse ainda que não gosta de "roupas fechadas".

Não sou exemplo para ninguém, diz Caroline Bittencourt 
 

Érico Aires
 


Ela deu uma risadinha de canto de boca, pigarreou e fulminou: "Na verdade, quando o assunto é o sol, eu não sou modelo para ninguém!". A frase dita em tom de confissão foi dada pela modelo brasileira Caroline Bittencourt momentos antes de entrar na passarela para desfilar uma das coleções de moda praia, da última noite do Brasília Fashion Festival. 

Ostentando um bronzeado incomum para as passarelas, Caroline contou que não costuma ser tão rígida no cuidado contra os raios solares. "Nossa, faço tudo errado, pego sol nas horas proibidas, passo protetor solar de fatores baixos, às vezes até me esqueço de usar".
 

Chegando a Brasília depois de passar o feriado nas paradisíacas praias alagoanas, a modelo contou que acredita na proposta da moda feita pelas estilistas da Calliandra. "Brasília está longe do mar, mas tem o lago, tem um monte de clubes chiquérrimos e tem tanta piscina que se bobear as brasilienses pegam mais sol do que as cariocas".
 

Mesmo distante mais de mil quilômetros do mar, as meninas da grife Calliandra, Clarissa Santiago e Luiza Mello, perceberam ainda quando eram estudantes de moda que a cidade era carente nesse segmento do mercado fashion. "Sempre víamos todo mundo com praticamente os mesmos modelos, estampas e marcas de biquínis. Daí passamos a investir, estudar e encontrar um produto novo, genuíno que fosse também quase exclusivo, raro e único. Esse é nosso conceito, não queremos e não podemos ainda ser massificado", disseram as estilistas, com exclusividade, para o
 Terra.



_DAVID AZULAY

"Eu sei fazer duas coisas na vida, mandar e pedir. Não sou estilista, nem gostaria de ser. Estou muito mais preocupado em manter a ideologia da minha empresa: ser brasileira e ipanemense." David Azulay não tem mesmo physique de um estilista, nem fala como um. Parece um veterano do Pier, com 40 anos de praia. No entanto, um empresário muito bem-sucedido e um dos maiores responsáveis pela forte tradição brasileira em moda praia.

Uma história que começa na mística ipanema dos anos 70 e vai dar nas ruas de Paris, Milão e Nova York. Uma aventura de sucesso, nascida de uma corriqueira competição entre irmãos. David desembarcou no Rio de Janeiro em 1967, para "fugir de marasmo de Belém". Tinha 12 anos e vinha acompanhado do irmão mais velho, Simão Azulay, este sim, transbordando desse carisma tão caro ao universo fashion. "O Simão sempre teve ligado forte com a moda", conta David. "Já eu não tinha vocação nenhuma, ficava meio na aba dele. Não queria estudar e pensava: 'Se o Simão for médico eu vou ter um hospital, se ele for arquiteto eu vou ser o construtor...' Era mais ou menos assim. Até porque eu sabia que ele não segurava a onda sozinho, não lidava bem com o dinheiro, com poder. Eu sabia que quem ia ter de ganhar o dinheiro era eu. Ainda que fosse o mais novo, eu era o que ia botar o concreto na coisa para que não virasse tudo água."

De fato, Simão tornou-se logo um personagem carioca. Começou vendendo bottons dos Beatles na porta da boate Help e em pouco tempo já era um verdadeiro criador de moda. Suas primeiras peças, camisas cacharel bordadas, fizeram sucesso imediato no avançado meio cultural carioca dos anos 70. David assistia a tudo isso de perto, já que Simão costurava e bordava em casa. Ele via o entra-e-sai de fornecedores e costureiros. "Um dia, eu estava de bobeira em casa, enrolado na toalha, de sandálias, quando chegou um rabino procurando pelo Simão. Era um costureiro e trazia uma encomenda: dois biquinis feito de jeans. Eu vi aqueles biquinis e fiquei louco: 'Caraca! Que coisa maravilhosa'".

David interceptou a encomenda e saiu na rua com os dois biquinis jeans: "Tinha uma mulherzinha numa butique de Ipanema que eu era louco para azarar, mas tinha de ter um bom motivo para visitá-la. Quando vi aqueles biquinis tão lindos, tão lindos, pensei: vou levar com a desculpa de vender isso para a butique dela." Mas o que era desculpa se revelou um bom negócio:" Não faturei a garota, mas os biquinis acabaram dominando a minha cabeça. De repente, percebi que aquilo era ouro. Em apenas uma tarde, andando de loja em loja com esses dois modelos de mostruário vendi 1.800 peças. Vendi até mesmo na Galeria 444, onde só tinha butique bacana: Modinha, Smuggler, Prestígio, Deja Vu, Aniki Bob, Aquarius..."

Não era de estranhar que um biquini inovador como aquele despertasse tanto interesse no início dos anos 70. Havia então uma vontade de moda no ar, pela a primeira vez os jovens tomavam para si o poder de ditar estilo. O mercado, no entanto, não estava preparado. Ir as praias, mesmo para os hippies contestadores, implica vestir os antiquados mais inteiros da marca Catalina ou arriscar em modelos improvisados, biquinis de crochet ou calcinha e sutiãs de lingerie adaptados caseiramente. Um biquini feito de jeans, o tecido "jovem", era exatamente o que aquele momento exigia.

"Voltei para casa com os pedidos na mão", lembra David. "O Simão não sabia de nada. Fiquei na minha. Quando encontrei com ele disse que tinha visto os biquinis. Perguntei por quanto pretendia vendê-los. E ele: 'Uns 35 cruzeiros, acho'. Eu disse: vamos falar sério? Eu já vendi por 45! Achei que o cara ia ficar contente, mas ao contrário, ficou puto. Dizia: 'Eu não aguento mais! Quero ir embora dessa casa você pega tudo o que é meu!' Eu não tive maldade nenhuma, estava querendo ajudar". Essa típica briguinha de família poderia ter adiado o nascimento da tradição brasileira em moda praia. Mas não foi o que aconteceu." Depois que passou a raiva, o Simão mandou fazer e me deu para que entregasse nas lojas que em que havia vendido. Mas quando entreguei, tive uma surpresa. Os biquinis que vendi como água, mostrando a cara deles, que eram lindos de se ver, não serviam para vestir! Não passavam nas canelas das mulheres, ficavam no joelho... Nem eu, nem o Simão, nem as lojistas que o compraram, ninguém se deu conta de que jeans sem lavagem, duro pra cacete, não tinha a elasticidade necessária. As lojas devolveram tudo. O Simão olhou pra mim e disse. "Viu? Você azarou tudo. Não quero mais saber desse negócio de biquinis!" Pegou as peças devolvidas botou embaixo da cama e acabou o assunto. Esses 600 biquinis apodreceram!"

Simão retornou o seu caminho, e criou a marca San Sebastian e começou customizando as calças e jaquetas jeans que logo o tornariam famoso. David que continuava sendo cobrado pelas butiques, resolveu tomar seu próprio rumo. "Eu tinha vibrado com aquela venda, muito mais que o Simão. O universo de moda dele era muito maior, para ele moda praia era apenas 'uma coisa a mais'. Já eu sonhava em inventar a calça Levi´s e viver disso para o resto da vida. Com o sucesso daquela venda, cheguei a achar que tinha nas mãos a Levi´s da moda praia. Não me conformei com o fracasso. Decidi continuar investindo no produto, recuperar a idéia de qualquer jeito, e garantir com ela a minha auto-suficiência. Senão ia continuar sempre na aba do Simão, e ele sempre na minha frente".

David, muito mais rato de praia que o estilista, sem nenhuma experiência em moda, dedicou seus dias a remodelar o biquini jeans. Passou tardes fazendo prova com suas amigas e o resultado era sempre o mesmo, ou ficava muito apertado ou frouxo de mais. Um dia, lamentando-se com o Antônio Nazar, o Binha, um amigo que era um estilista genial, mostrei o biquini a ele, na maior simplicidade, falou: "Que isso rapaz? Todo esse escândalo para nada? Basta cortar a lateral e fazer um lacinho nela que o biquini se adapta a qualquer corpo". Eu gritei: Binha, filha da puta! Que maravilha! Você salvou minha vida! "Saí dali voando para comprar mais jeans e fazer mais biquinis."

"Quando descobri que com 100 metros de tecido eu podia fazer quase 800 biquinis, vi que aquela era a solução para a minha independência", conta David. Mas, para conseguir a matéria-prima, o novo estilista teve que apelar mais uma vez ao irmão, que tinha todos os endereços e atalhos do jeans. Conseguiu o dinheiro para os 100 metros e, para diminuir o custo, tentei comprá-los junto com a encomenda do Simão, que era mais de 2 mil metros. Combinei de ir a fábrica com ele e no dia tomei meu banho, pus a minha bermuda e a minha sandalinha havaiana. Quando me viu, o Simão falou: "Meu irmão, comigo tu não vai sair assim não. Pega um sapato e uma roupa descente". Era sempre assim, a gente já se estressava de saída. De raiva acabei não indo. Mas fiquei na escuta, esperando o caminho que trazia o carregamento de jeans dele, para descobrir de onde vinha. Vi que era da fábrica Santa Rosa, de Valena e me mandei para lá e ainda fui com o carro do Simão, que eu "roubei", enquanto ele dormia. Quando cheguei lá, um técnico da fábrica viu o modelo e disse: "Para fazer isso, você pode usar o jeans de segunda". Quis ver o jeans de segunda. Era muito mais legal, tinha umas falhas de agulha que davam uma cara bem mais interessante. "Cadê o de terceira?", perguntei. Era ainda melhor. Resultado: fui com o dinheiro para comprar 100 metros e saí de lá com 1000 metros. Esse jeans todo ia entulhar a minha casa, mas agora eu tinha um patrimônio incrível, podia fazer com ele mais de 8 mil peças - acho que nem conseguia gastar todo o tecido, não tinha velocidade para produzir tanto."

O verão começou mais cedo em Ipanema, como de hábito. E naquele ano o que se via de novo era o biquini jeans do David. Com o sucesso local, o ambicioso "novo estilista" anteviu as imensas possibilidades de seu produto. Para diversificar o mercado, pegou o ônibus para São Paulo. "Levei para lá, uns 800 biquinis jeans. Percorri a rua Augusta de cima para baixo, lá estavam as melhores butiques, Elle Et Lui, Drugstore, Buraco da Ferradura, Cleptomania, Paraphernalia... Nem tive tempo de fazer todo o circuito porque caiu um temporal danado. Molhei-me todo subindo a ladeira. As sandálias iam levantando a lama e sujando a minha calça. Estava todo imundo que quando cheguei na Paraphernalia, que era o endereço mais quente, fiquei com medo de entrar. Tinha muita gente bonita ali, todas aquelas paulistas gatas, aquelas dessas loirinhas de calça Sant-tropez, muito chique mesmo. Se entrasse, iam gritar: "Pega ladrão!" E eu não queria queimar o meu filme, não? Fiquei de fora com o biquini jeans na mão, acenando para a dona da loja, a Guaracy. Quando ela viu o biquini me botou para dentro e o vestiu no ato para experimentar. Juntou gente pra ver, as paulistas diziam: "Que lindo! Quanto?". Vendi 60 só lá na Paraphernalia. Essa é uma lembrança muito boa".

Sucesso entre os hippies chiques da Augusta e hippies de fato em Ipanema, o verão de 1971/1972 foi dominado por David Azulay. De uma hora para outra ele deixou de ser o irmão de Simão. Mais do que isso, virou uma marca: "Agora, precisava inventar um nome. Nessa época estava rolando um LSD da melhor qualidade que se chamava Blue qualquer coisa. Eu também andava fascinado por uma marca em São Paulo, chamada New Man. Aí juntou tudo. A marca paulista que terminava com "Man", a histeria da Levi´s que era azul, O LSD azul, o meu nome, Azulay. Criei a marca Blue Man, achando que ia fazer biquini jeans a vida inteira. Aquele foi o nascimento da moda praia brasileira, não tenho dúvida disso".

A década de 70 começava com as praias cheias de gente usando Blue Man. O auge do prestígio foi quando a musa do momento, a modelo Rose Di Primo, se deixou fotografar passeando pelas areias de Ipanema dentro de um modelo da marca. Além de seu corpo escultural e seu bronzeado impecável, Rose era conhecida pelos biquinis que criava para si, como o famoso tomara-que-caia de panos retorcidos. Muitos atribuem a ela, por exemplo à invenção da tanga. A modelo representava naquele momento o padrão ideal de beleza brasileira, por isso já ensaiava uma carreira internacional com fotos suaspublicadas nas revistas Stern, Quick e L´Europeo. Daí a importância do seu aval.

"Eu ganhei muito dinheiro naquele verão", lembra David. "Com ele comprei 6 máquinas de costura, aluguei uma sala, botei a mesa de corte e arranjei espaço para uma pronta entrega. Mas então acabou o verão e senti que viria um longo e tenebroso inverno. Já tinha percebido que não podia ficar estacionado no biquini jeans. Com o tempo, descobri também que podia usar a minha criatividade, comecei a pensar em idéias para uma nova coleção. Resolvi investir nos colants, que tinham virado moda. Nesse momento, coincidiu que o Binha, que andava perdido e muito louco em algum lugar da Bahia, reapareceu. Foi pintar um painel numa das paredes da sala que aluguei. Enquanto ele pintava, eu fazia a minha coleção de inverno. De vez em quando, ele dizia: "Estou com umas idéias que você vai adorar". E eu cortava: "Não se mete não, pinta o negócio aí e sai fora!". Mas numas dessas eu saí para fazer qualquer coisa e, quando voltei, ele me mostrou o que tinha feito na minha ausência: transformou um dois meus colants em blusa e fez nela umas aplicações em cetim, um desemho de nuvens e estrelas com a expressão "UAU". Ele dizia: "Meu irmão, isso é a moda, isso é o grito! E eu posso fazer uma atrás da outra".

Nesse momento, o Simão, que tinha ido se despedir de mim antes de uma viagem a Europa, viu a blusa do Binha e falou: "Isso é a coisa mais linha do mundo! Pelo amor de Deus, quero viajar pra Europa com essa blusa!". Só então admiti que aquela era uma boa idéia e liberei o Binha para mudar toda a minha coleção.

As "cocotas" que haviam usado o biquini jeans no verão, circularam o inverno inteiro com blusas de estampa pop: nuvens, estrelas, fogueirinhas, cachorro-quente, Flash Gordon. A Blue Man, extrapola suas pretenções e começava a ser conhecida também fora das praias. Em matéria na revista Manchete, a jornalista Gilda Chataiginter batizou o movimento de moda Astral. Nos verões seguintes, outros modelos de David dominariam as praias. O principal deles seguinda a onda pop, estampava a bandeira dos Estados Unidos na frente da calcinha. "Com esse biquini a Blue Man virou internacional. Acho que foi o auge da nossa moda de praia, o momento em que o mundo olhou para o Brasil. Ele saiu na capa do jornal inglês The Sun, ilustrando uma matéria que dizia que, depois de Carmem Miranda, do café e do Pelé, o Brasil inventava um novo produto de sucesso: a "tanga". Logo depois, eles me ligaram dizendo que a redação do jornal não parava de receber pedidos de gente querendo saber onde encontrar a tal tanga. Fui para Londres na mesma hora."

Repentinamente, A Blue Man começava sua carreira internacional. Em pouco tempo os biquinis e maiôs da marca podiam ser encontrados em Paris, Londres e Milão. A "tanga" começou a freqüentar as páginas de revistas e o estilo brasileiro passou a ser copiado no mundo todo. Todo esse pico de moda praia aconteceu em menos de cinco anos. Foi o tempo para o Brasil entrar no circuito como "o" país especialista no assunto. Foi o tempo, também, para David ver seu pequeno negócio se transformando em uma indústria de promessas inesperadas.

Nesse período, a Blue Man continuou lançando com motivos tropicais, biquini de cordinha - feito de retalho de patchwork -, biquini estampado com motivos tropicais, biquini com fivela, e até o famoso biquini de enrolar - uma espécie de shortinho cuja cintura era enrolada ao gosto do freguês. "Se você fosse uma menina discreta enrolava pouco, se fosse "cachorra" enrolava tudo", conta David. Enquanto isso, o Brasil assistia ao nascimento do seu próprio mercado de moda praia, com surgimento de uma infinidade de novas marcas dedicadas aos biquinis, além da modernização dos nomes já existentes.

Apesar de toda essa movimentação local, David continiava olhando para fora. "Os anos fora passando e percebi que tinha muito mais tesão em ver o nome da Blue Man publicado em uma revista italiana do que numa nacional. Eu estava ficando totalmente voltado para o mercado europeu."

Enquanto isso, Simão vinha fazendo jus ao título do Rei do Jeans, que ganhará de seus conterrâneos cariocas. Sua marca San Sebastian, era muito cultuada no Rio, ainda que não tivesse alcance nacional. David lembra que, nesse momento, quem dava as cartas na família era ele: "Quando queria provocar o Simão, eu dizia: Meu irmão tu é um copiador safado! Enquanto você é respeitado aqui, eu sou respeitado lá fora pelos mesmos caras que você copiou. Falava assim para tirar uma onda. Mas eu tinha moral para dizer isso, eu tinha mesmo um conceito muito bom lá fora, minha marca estava em revista do mundo todo." Mas quando os anos 80 chegaram, apesar de todo culto a San Sebastian fechou, envolta em dívidas. David se juntou mais uma vez ao irmão e dessa união nasceria outro nome fundamental para a moda brasileira naquela década: "Yes Brazil. Quando o Simão veio a precisar de mim, eu estava lá.

Eu tinha crédito, tinha dinheiro e estava estabelecido. E ele, um megalomaníaco que só pensava em ternos de milhões. Então o convenci de montarmos uma loja juntos. Na Yes Brazil, venderemos a nova marca dele Chez Simon, e Blue Man. Abrimos a loja e foi o maior sucesso do mundo. Virou o veneno do momento. Vestimos só gente nova, moderna e transada. Com o tempo, ele começou a me tirar da jogada. Eu entrava na Yes Brazil e os biquinis estavam todos nas gavetas. Ele dizia: "Esse negócio de biquini não dá certo aqui!". Naquela época, auge da Yes Brazil, as pessoas me falavam: "p, seu irmão é foda, heim? Maior sucesso! E a Blue Man, continua lá na lojinha do número 33?". Aquilo foi me deixando puto e eu comecei a perder o tesão pela marca. Acabei saindo fora quando abri a loja da Blue Man no Fórum de Ipanema, que era o endereço da moda em 1983." Mas nem tudo era, rusga entre os irmãos Azulay. Foi Simão que corrigiu o rumo da Blue Man quando a marca correu o risco de sair dos trilhos em meados da década de 80." Eu estava exportando muito e acho que fui contaminado pelos grandes distribuidores enternacionais", conta David.

"Acho que por conta disso reforcei as estampas tropicais - tipo papagaio e tucano - e mexi nas formas dos modelos. Sempre que criava uma nova coleção precisa adaptar as modelagens ao mercado internacional: na itália tinha de ter uma bunda menor e um peito maior, na Alemanha tinha deser assim, na França assado. Cada um tinha sua modelagem e isso mantinha naquele ciclo vicioso, não sobrava mais tempo para viajar nas idéias. Pior: agora quando fazia uma coleção, já não tinha mais em mente a gatinha de ipanema, mas o mulherão italiano. "Foi Simão, um apaixonado confesso pela moda dos grandes centros quem primeiro se deu conta dos prejuízos dessa internacionalização. "Existia todo esse lado de competição entre nóes, mas só estávamos querendo o bem do outro. Um dia o Simão viu um italiano me dar um arrocho, depois falou: "Quer saber de uma coisa? Você é viado também, só que inruste isso nessa porra de exportação. Você está tomando na bunda desses gringos! Tem de mandá-los para puta que pariu! Eles estão destruindo a sua coleção, são todos cafonas não sabem nada de moda praia. Quem entende de biquini é brasileiro, rapaz! Se toca!' Isso me pegou na veia - Simão tinha lá a psicologia dele, sabia que o único jeito de me atingir era me chamando de viado. Foi um toque de mestre. Mais uma vez ele tinha razão. Depois disso, entendi qie o Brasil era, e sempre será, o melhor mercado do mundo para vender biquini. a partir daí, quando um gringo dizia: 'não quero assim, quero assado', eu respondia 'então tá, muito obrigado, pode ir embora".

David decidiu reciclar a filosofia da Blue Man: Comecei a entrar mais no varejo, abri loja no Rio e em São Paulo e ataquei com toda força o mercado de Belo Horizonte, porque quando você faz sucesso lá. faz sucesso no resto do Brasil. A partir daí fiz coleções brasileiríssimas, totalmente dedicadas as garotas das nossas praias. Fiz estampas com inspiração marajoara, fiz caju, fiz banana, melancia, abacaxi, Carmem Miranda. Coloquei todo esse tropicalismo que estava brotando aqui. A Blue Man adotou o estilo que tem até hoje: brasileiro".

Ao longo da década de 90, David redimensionou a empresa e conseguiu levar a Blue Man, intacta aos anos 2000. "Fiquei pequeno de propósito. Hoje tenho doze lojas próprias, seis franquias, enxuguei tudo para trabalhar menos. Às vezes, vejo as outras marcas repetindo os mesmos erros, querendo fazer sucesso lá fora como uma maneira de se fortalecer no Brasil. Tudo bem em aparecerem internacionalmente, mas eu não vejo o produto desses caras aqui nas nossas praias... Pô, meu irmão hoje eu sei: meu biquini foi feito para estar na praia e não em editorial de moda de revista estrangeira!".

******

Biquínis para Mulheres de Busto Grande
 Saiba qual o modelo de biquíni que valoriza seus seios e deixa você mais bonita ainda.
Escolha o modelo certo do seu biquini .
O Brasil é um país ensolarado, nisso, todos concordam. Suas praias são as mais belas do mundo e a paisagem encanta. Quase metade da nação tem a possibilidade de frequentar o litoral, quase todo o ano e, especialmente, no verão. E é ai que entra em cena o tão famoso biquíni, vestimenta de banho de origem duvidosa, uma vez que a sua criação é disputada pelos estilistas franceses Jacques Heim, que apresentou o "átomo" como "o menor maiô do mundo"; e Louis Réard, que mostrou o "bikini, menor que o menor maiô do mundo". Este último acabou levando um reconhecimento maior.
Histórias à parte, o biquíni pode ser uma peça a ocupar um espaço mínimo no seu guarda-roupa, contudo, para muitas mulheres e, especialmente às de busto grande, acaba preenchendo por inteiro o seus pensamentos. Para muitas mulheres ter o busto grande não é apenas sinal de sensualidade e beleza. Constitui-se também como um fator de desconforto e de difícil vestibilidade dos biquínis. Portanto, o que fazer para escolher um biquíni que se adéque melhor ao formato e à proporção dos seios grandes, para que estes tenham um vestir harmônico? Acima de tudo, é preciso calcular a medida certa para o que deve ser revelado ou não, sem perder o estilo, é claro!
Então, vamos à parte prática! Você vai à loja e diante de inúmeros modelos, qual é o ideal? Bem, a máxima é: “os biquínis devem cobrir bem os seios e principalmente abaixo dos braços”. Nisto, mulheres que possuem seios volumosos devem optar por modelos estruturados, que tenham base com elástico ou aros, pois dão sustentação e deixam os seios no lugar.
Os modelos em o estilo “cortinão” também é recomendando, pois pode se adequar ao tamanho dos seios. Contudo, deve-se ter um pouco de cuidado com esse formato para não ser menor que o seu busto, ou seja, evite o estilo cortininha, isto porque as suas alças finas e decotes arredondados provocam um “esparrame” dos seios.
Outro formato que vai deixar seu busto mais harmônico é o frente-única com bojo maior em relação à altura, que afine para ser preso ao pescoço e não canse tanto a nuca devido ao peso dos seios. Os em estilo faixa podem ser usados, desde que possuam alças mais largas.
As que preferem os maiôs devem priorizar os que tenham decote em “V” e com alças mais largas, pois valorizam os seios e não apertam a região dos ombros. Prefira ainda aqueles com cavas sob braços, como os modelos de natação.
Os decotes altos, estampas grandes e os modelos com cores claras devem ser evitados, pois esses estilos de biquínis podem causar impressão de seios maiores ainda. Prefira peças com tonalidades escuras e lisas. Além disso, as alças finas são mais favoráveis para os seios pequenos, pois elas não oferecem tanta sustentação como o estilo frente-única.
Com estilo e bom gosto não é difícil estar adequadamente vestida na praia. Opções não faltam no mercado para que você aproveite o seu verão ao máximo.
Danusa Spricigo Pasqual/Heloisa Pereira Oliveira



Com um biquíni tomara-que-caia, Letícia Spiller estampa a capa da edição de novembro da revista Boa Forma e mostra que está em pleno vigor físico aos 36 anos. Preocupada com o corpo, ela faz aulas de dança, musculação, spinning, ioga e cuida bastante de sua alimentação.
Durante a entrevista, ela disse que não existe uma receita pronta para manter o físico em dia e que é atenta aos sinais que seu corpo apresenta. "Ao longo do tempo é que a gente descobre o que funciona melhor para o próprio metabolismo. O principal é observar as respostas que o organismo dá e tentar ser saudável", analisou.
Antes mesmo de começar a gravar as cenas para a novela global Viver a Vida, na qual interpreta Betina, ela retomou as aulas de musculação. "Depois dos 35 anos, a mulher precisa se cuidar mais para não perder o tônus e se preparar para o futuro", comentou.
Para as aulas de musculação ela conta com a orientação do personal trainer Bruno Brandão, que criou um treino sob medida. "Como ela já tem a musculatura desenvolvida, usamos uma carga total de peso que varia entre 160 e 240 quilos, dependendo do dia de treino, que vai de moderado a forte. Depois, mais 45 minutos de spinning, para queimar as gordurinhas e melhorar o condicionamento físico", explicou o treinador.




Biquinis Guarujá e a loja Chiquita Bacana tem muitas vagas para trabalhar na temporada.Início 15 de novembro de 2009.
Estamos admitindo garotas para trabalhar de modelo de passarela,modelo fotográfico,balconistas, estoquistas,seguranças de loja, caixa, empacotadeira,distribuidoras de panfletos, divulgadoras da loja e outras funções.
Para serem admitidas as candidatas devem obrigatoriamente mandar e-mail para falecomodono@hotmail.com com fotos ou perfil no orkut que tenha fotos.
Salários acima da média do Guarujá.
As candidatas poderão ser contratadas pela temporada, por mês, por semana, por dia ou por hora.
Não é necessário ter experiência, só boa vontade e capacidade de comunicação.
“””””””””””””””””””””””””””””

Para Juliana Paes não tempo ruim. Nesta segunda-feira, 17, Juliana Paes acordou indisposta, mas nem por isso deixou o bom humor de lado durante a gravação de um comercial de chinelos. A locação escolhida foi a Praia do Leme, no Rio. Nas cenas, ela mostra o corpão com dois biquínis, o que causou verdadeiro frenesi no calçadão. Juliana literalmente parou o trânsito!


Biquinis verão 2010
O verão está chegando e as mulheres estão loucas atrás dos biquínis certos e que esconda ao máximo as suas pequenas imperfeições.
Ir á praia é muito bom! As mulheres sempre ficam naquele Tabu de qual biquíni se ajusta melhor ao seu estilo e tipo de corpo não é?! Tem algumas que rejeitam o maiô, mas, ele pode ser uma ótima opção!  Hoje, mostro á vocês qual o melhor modelo para seu corpo.
Seios pequenos:
Para realçar os seios, a dica é investir em peças com detalhes na parte de cima, invista em muito brilho e muito pano. Outro recurso muito eficiente para dar volume é usar os sutiãs com bojo – que levantam e dão forma ao busto. Uma boa opção é o biquíni estilo cortininha. As cores também podem ser aliadas. Use peças claras em cima e escuras embaixo. O tom mais claro chama mais atenção. Faça o oposto no caso de seios grandes.
Seios grandes:
Quem tem os seios grandes deve ter como primeira preocupação o conforto. Para dar sustentação, é preciso investir em alças largas. A melhor opção, é a modelagem frente única. Já algumas mulheres preferem o meia-taça sem bojo e o formato triangular – mas não o cortininha, esse deve ser maior e cobrir todo o seio.
Algumas grifes mostraram na última temporada tops grandes, que se assemelham aos usados em academias de ginástica.
Quadril estreito:
A sofisticação chegou à praia e não dá sinais de que irá embora. E, para você que tem o quadril estreito, o luxo está liberado. As calcinhas com detalhes na lateral, como pedras, aplicações, laços, bordados e brocados, chamam a atenção e “ampliam” o volume da região. Portanto, para quem se encaixa no oposto (quadril largo), melhor evitar biquínis com amarrações.
Quadril largo:
A dica principal é não usar biquínis muito apertados, que deixam, ninguém quer “bumbum saltando para fora da peça”. Nesse caso, vale o meio termo: Nada de calcinhas muito grandes, pois chamam a atenção, nem tanguinhas. Os modelos mais indicados são aqueles com a faixa lateral mais larga – corte, aliás, que está em alta e é muito confortável. As cores escuras também ajudam a disfarçar o tamanho do quadril. Outra estratégia envolve a peça superior.
O biquíni tomara-que-caia e frente única aumentam visualmente os ombros, deixando o corpo mais proporcional em relação ao quadril.
Cintura “reta”:
Quem não teve a sorte de nascer com uma “cinturinha de pilão” pode disfarçar o corpo retilíneo com os maiôs engana-mamãe (aquele em que a calcinha e o sutiã são unidos apenas por uma faixa frontal). Os recortes dão uma sensação de curva para o corpo da mulher.
Barriga ou estômago saliente:
Se as gordurinhas insistem em ficar no abdome, será preciso escondê-las durante o verão. O melhor modelo é o sunquíni – que possui calcinhas largas e cós alto. Já quem tem estômago alto, sem barriga notável, deve evitar o sunquíni, pois “esse modelo vai cobrir a barriga magra e ressaltar o estômago saliente”. Nesse caso, o melhor é escolher outro tipo de biquíni que combine com o restante de suas características. Agora, se tanto o estômago quanto a barriga fugirem dos “padrões”, a consultora indica um belo e comportado maiô.
Costas largas:
Se esse for o seu caso, risque de uma vez por todas do seu guarda-roupa as peças com amarrações no pescoço. Prefira os sutiãs com alças retas, que criam duas linhas verticais nas costas. Elas ajudam a diminuir a amplitude dessa parte do corpo.
Gordinhas:
O bom senso tem que ser o princípio básico para nortear a escolha de quem está acima do peso. Maiôs com decote frontal em “v” costumam ser uma boa opção, além dos sunquínis. E muito cuidado com grandes decotes nas costas: eles podem realçar aquelas famosas “dobrinhas”. O tecido do biquíni ou maiô também pode ajudar. A dica é usar biquínis de Jersey, que não marcam tanto o corpo.
Compre o biquíni do seu tamanho, nem maior e nem menor. O maior fica largo e deixa a impressão de um corpo flácido. O menor aperta e forma dobrinhas indesejadas. Quanto às estampas, o mais aconselhável é evitar desenhos circulares. Prefira as cores escuras e as imagens simétricas.
Magrinhas:
Essas podem, e devem, investir nas formas arredondadas. Com relação à modelagem, a única restrição é o sunquíni. Ele cobre muito o corpo, o que provoca a impressão de que a mulher é ainda mais magra.
E, já que gordura em excesso não é o problema, as magrinhas devem aproveitar para se esbaldar com os mais diversos modelos. Vale tudo! Principalmente os biquínis micros.
Maiôs:
Apesar do maiô cobrir boa parte do corpo e não favorecer muito o bronzeado, promovendo grandes marcas no lugar das sensuais marquinhas, a peça está caindo no gosto das brasileiras. Isso se deve, principalmente, à tendência seguida pela maioria das grifes de beachwear. Sendo sofisticado por natureza, o maiô se encaixa em situações em que você não ficará tão exposta ao sol, como uma festa à beira-mar. Até para usar o maiô, porém, é necessário seguir algumas regrinhas.
Dicas: o tomara-que-caia é para mulheres altas ou para quem possui o tronco mais longo que as pernas; quem estiver brigando com a balança deve optar por modelos mais “fechados”; já as peças cheias de recortes ficam boas apenas em quem está em boa forma.
Meninas, agora vocês não podem reclamar e dizer que não tem a mínima idéia do que comprar rs. Anotem as dicas e corra para a loja mais próxima para garantir seu modelo ideal!

(comentário de leitora do blog)


Após terminar namoro com Alexandre Frota, Dani Sperle curte praia no Rio

Foto: Adilson Lucas / Ag. News

Rio - A modelo Dani Sperle aproveitou o sol que fez nesta quarta-feira para curtir uma praia no Rio.

A beldade, que acabou de terminar seu namoro com Alexandre Frota, foi fotografada na praia da Barra colocando o bronzeado em dia.

Com um biquíni tomara-que-caia, a morena esbanjou sensualidade e atraiu a atenção dos curiosos.

Basta ir a uma praia do Rio para ver que o tomara que caia é a nova moda, e entre as famosas não poderia ser diferente (veja fotos de celebridades que aderiram ao modelo). O probleminhas é que vez ou outra uma onda mais indiscreta deixa as meninas no aperto. Nesta quarta-feira, 18, Daniella Sarahyba escapou por pouco. Durante um mergulho na praia de Ipanema, Zona Sul carioca, o tomara que caia da modelo quase... caiu! A top, porém, foi rápida no gatilho, e segurou a parte de cima do biquíni.



O calor que fez neste domingo (15) no Rio de Janeiro lotou as praias de beldades e corpos sarados. Pelo menos na Praia do Pepe, zona oeste carioca, Mirella Santos e Nana Gouvêa exibiram suas curvas, mais uma vez, enquanto tomavam sol e curtiam o mar. A loira optou por um biquíni tomara-que-caia e estava acompanhada de alguns amigos. Já Nana, sozinha, chamou a atenção pela parte de baixo de seu biquíni, bem pequenina.

Tags                                                                                     

adriane galisteu alga marinha  agua doce aguadoce amaury jr amaury jr biquinis atacado de biquinis atacado de biquinis a preço de varejo atacado e varejo atacado e varejo biquinis  bacana banco de areia biq claro biquini biquine com bojo torcido biquines biquines liquido biquini biquini da novela biquini fio denta biquini fio dental biquini geysi biquini p biquine com bojo torcido biquini para seios grandes biquini para seios pequenos biquini pequeno biquini preço de atacado no varejo biquini tomara que caia biquinininhos biquinis biquinis amaury jr biquinis atacado biquinis brasileiros biquinis coleção 2010 biquinis com bojo biquinis da moda biquinis de bojo biquinis de coleções passadas biquinis dio rio de janeiro biquinis do rio biquinis do rio de janeiro biquinis em são paulo biquinis fabricas biquinis fio dental biquinis garota de ipanema biquinis guaruja biquinis infantis biquinis liquido biquinis lojas biquinis para revender biquinis pronta entrega biquinis rio biquinis rio de janeiro biquinis são paulo biquinis tomara que caia biquinis viver a vida biquínis fabricas biquins guaruja biquyinis carolina dieckmann cera.cera liquida charme biquinis chiquita bacana cia maritima cicarelli cidades coco verde coleção 2008 comprar biquinis comprar biquinis em são paulo compre biquinis de cabo frio no guaruja compre biquinis pelo telefone confeccoes de biquinis confecçoes de biquinis confecções de biquinis doçura biquinis fabricas de biquinis feminilidade biquinis gamboa garota de ipanema garota de ipanema biquinis garotas guaruja geisy de biquini geysi biquini geysi de biquini grandes marcas atacado e varejo guaruja guaruja biquinis guarujá gusruja hang loose helo pinheiro informes publicitarios informes publicitários microlite internet vitrine virtual ipanema jesus luz jet ski leblon liquido atacado liquido biquinis loja virtual de biquinis lojas de biquinis madonna microlite miss guaruja miss guaruja  moda praia moda praia garota de ipanema moda praia helo pinheiro modelo modelo biquini guaruja monique perez morena bakana municipios nany biquinis para revender o melhor biquini da praia o melhor da praia o rio de janeiro olimpiada 216 poko pano preços de fábrica realce seus seios reef representante revender biquinis rio de janeiro ronaldo fenomeno rosa cha rosa chá rua dos biquinis seios grandes seios pequenos sites de biquinis sombra e agua fresca sombra e agua fresca biquinis sungas são paulo biquinis são paulo fabricas de biquinis telefone e compre nossos biquinis tomara que caia tomara que caia biquini tomara que caia o biquini trabalhamos sim verão verão 2008 verão 2010 vitrine de biquinis vitrine virtual vitrine virtual de biquinis vitrine virtual na internet viver a vida viver a vida biquinis viver a vida novela da globo www.biquinisatacado.com




&&&&&&&&&&&
Sienna Miller foi vítima de um golpe de azar no último domingo (14). A atriz, que desfilou de biquíni em uma praia da Califórnia, ficou com os seios a mostra depois de ser levada por uma onda. Abalada com o episódio, Sienna rapidamente levantou a parte de cima do minúsculo biquíni tomara-que-caia, e deixou o mar como se nada tivesse acontecido.
Mais tarde a atriz foi se encontrar com o namorado, Ryan Ifans, para uma festa em um sushi, em Malibu. O casal, que tem aproveitado a boa fase do romance para curtir férias luxuosas, incluindo uma viagem ao México, esteve recentemente em Los Angeles.
Sienna Miller faz parte do elenco no filme “G.I Joe”, que está sendo gravado em Praga. Na trama, baseada em um sucesso dos quadrinhos, a atriz interpretará a tenente do comandante Cobra.
________________
TAMANHO ÚNICO DE BIQUÍNI
Quem estiver curioso para ver como Daniela Sarahyba vai à praia não pode perder o Tamanho Único de amanhã, às 22h30min, no GNT. Em bate-papo com Patrícia Koslinski, a modelo conta que adora ganhar biquínis e ainda ensina a sair arrumada da praia para emendar um programa de final de tarde. A mágica é feita com saídas de praia, saias jeans e macacões, combinados aos mais diferentes tipos de biquínis.

Acompanhando o clima da edição, Chris Nicklas, da beira da praia de São Conrado, dá dicas dos melhores biquínis para cada tipo de silhueta:

_ Nas regiões do corpo que quiser aumentar, use estampas, bordados, apliques e laços. Para reduzir, prefira as peças lisas e de tons escuros. Cuidado com o biquíni branco, veja se ele tem um bom forro _ explica a apresentadora.

Enquanto isso, Chiara Gadaleta sai de seu ateliê e também vai para a beira-mar. Lá, ela recebe a estudante de moda Bianca de Angelis, que tem dúvidas sobre quais os acessórios ideais para usar na areia.



@@@@@@@@@@@@@@@
8 dicas para cuidar do colo e do pescoço

Patricia Zwipp
Getty Images

Cuidar da pele é fundamental
Enquete
Você cuida da sua pele?
Sim
Não


Últimas de Rosto e Corpo
» 8 dicas para cuidar do colo e do pescoço
» Novos cosméticos prometem preenchimento facial
» Cabelos também ganham produtos antienvelhecimento
» Geisy passa por transformação com cabeleireiro das famosas
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

O verão está chegando e as temperaturas altas dão lugar às peças tomara-que-caia e aos decotes, que evidenciam o colo e o pescoço. Por isso, além de tratar as celulites, estrias e pés-de-galinha, vale a pena investir em cuidados com essa região, certo?

» Siga o Terra no Twitter
» vc repórter: mande fotos
e notícias
» Chat: tecle sobre o assunto

Com menos glândulas sebáceas, é propícia a ressecamentos e à flacidez. Rugas e manchas também podem prejudicar o visual. "As linhas finas do pescoço e colo começam a aparecer a partir dos 25 ou 30 anos e são mais comuns em pessoas de pele clara, que se expõem ao sol com mais frequência. Ocorrem devido à perda local da hidratação, da elasticidade e do tônus da pele", disse a dermatologista Christine Guarnieri, membro da Academia Americana de Dermatologia.

Para não fazer feio nos meses mais quentes, confira abaixo oito dicas, listadas por Christine e por Daniela Presente Taniguchi de Barros, professora de dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC:

1) A exposição solar frequente leva à perda e modificação das fibras colágenas e elásticas, responsáveis pela sustentação e tônus da pele. Além disso, pode causar manchas. A dica é usar protetor com, no mínimo, fator 15, e evitar banhos de sol entre 10h e 16h;

2) Cremes para rosto não devem ser usados no pescoço ou colo sem orientação médica, uma vez que a estrutura da pele é diferente;

3) Não descuide da hidratação. Passe hidratante após o banho e sempre que sentir necessidade;

4) Evite banhos com água quente, que aumentam o ressecamento;

5) Se estiver com alergias no colo ou pescoço (muitas vezes decorrentes do ressecamento), procure um dermatologista e, na hora de banhar-se, não esfregue a região com bucha;

6) Perfume e sol não combinam. O produto contém psoraleno que, ao entrar em contato com a radiação solar, provoca manchas;

7) Colares dão um toque a mais ao visual, mas podem causar dermatites de contato em algumas pessoas. A pele inflamada fica avermelhada ou com descamação por conta do contato com a peça. Se isso acontecer, vá ao médico e uma das alternativas é trocar o acessório por um de outro material;

8) Quem já apresenta flacidez, manchas ou rugas deve ir ao médico, que indicará o melhor tratamento. Entre as opções estão peeling, laser e infravermelho. Christine lembra da possibilidade de aplicação em clínicas de géis à base de ácido hialurônico.

Nívea Stelmann exibe o corpão em biquíni branco na praia

Atriz passou a manhã com amigas nas areias da Barra da Tijuca
Do EGO, em São Paulo

Nívea Stelmann mostrou que está com tudo em cima durante a manhã que passou na praia da Barra da Tijuca neste sábado, 21. A atriz tomou sol e entrou na água com um biquíni branco, modelo tomara-que-caia, e protegeu o rosto dos raios com um chapéu. Nívea está no ar como Kátia em "Cama de Gato".

&&&&&

Praia foi o destino favorito dos famosos no feriado 


No Dia da Consciência Negra, os famosos que estavam no Rio de Janeiro aproveitaram o feriado para ir à praia. Entre eles, destaque para Nana Gouvêa e Dany Bananinha, que escolheram a praia do Pepê para relaxar.

Dany Bananinha, assistente de palco do Caldeirão do Huck, aproveitou o sol para retocar o bronzeado. Ela usava um biquíni tomara-que-caia e, não resistindo ao calor, acabou deixando a areia para tomar um banho de mar.


Destino que não foi diferente para Nana Gouvêa. A modelo também não resistiu ao sol forte e retocou o bronzeado no mar mesmo. Depois de ficar estendida numa canga na areia, ela optou por se deitar na parte rasa do mar para se refrescar com as ondas, local perfeito para ser flagrada pelos paparazzi.




Andressa Oliveira mostra sua boa forma em campanha de biquíni
A atriz  Andressa Oliveira mostra sua forma perfeita posando para uma marca de biquínis. Ela usou até um modelo dourado e outro de oncinha. Depois de ter feito as novelas "Malhação" e "Beleza pura" e o humorístico "A turma do Didi", ela participa do reality show "A fazenda".

$$$$$$

A marca "Lybethras", marca gaúcha está fazendo o maior sucesso no Brasil e no mundo. Para quem ainda não conhece, é só ficar de olho nos biquinis que a Thaís Araújo, Aline Moraes, Letícia Spiller estão usando na novela Viver a Vida. Marca famosa também por sair nas revistas mais renomadas do país, quer saber de uma??? Corre lá na revista Corpo a Corpo deste mês, tem modelos maravilhosos!!!!! A marca tem também uma grande vantagem que é dar ao cliente a opção de montar seu biquini, parte de cima de um tamanho e a de baixo de outro, tendo ainda como maior diferencial, dar a opção de escolher modelo, estampa, tamanho, cor... tudo isto dando exclusividade a peça. Eu estou encantada com os modelos, que além dos biquinis tem maiôs e saídas de banho.
A estilista Luciana Martinez da Lybethras foi buscar inspiração nas formas da natureza, na geometria que certas folhas apresentam, e que podem ser belamente exploradas quando se tem a oportunidade de observá-las com atenção. Usamos as folhas de pitanga, de avenca e troncos de arvores utilizando a natureza com uma geometria natural para criar as nossas estampas exclusivas e totalmente inusitadas, em tecidos altamente tecnológicos que secam rápido, tem proteção UV e o lastol se molda ao corpo dando conforto e durabilidade as peças. O resultado é um trabalho que alia tecnologia com design moderno e diferenciado. Usamos detalhes em madeira, madrepérolas, pedras como ágata e olho de tigre que dão um toque todo especial e artesanal às peças, sobretudo porque os detalhes foram feitos à mão.
Em relação a modelagem escolhida destacam-se os maios de ombro só com agatas, calcinhas mais baixas e quadradas, além de Tops estruturados com detalhes em pedras. Sem esquecer, é claro, do famoso “cortininha” com calcinha amarradinha que é um sucesso há décadas.
As cores que se destacam são os tons de verde, roxo, amarelo canário, preto, prata, ouro, azul carbono e branco.
Os modelos nas cores lisas são bem elaborados com detalhes de madrepérolas, pedras como olho e de tigre misturadas com argolas em ouro.
Há um kaftan roxo bordado com motivos étnicos nas cores laranja e azul que fazem outra mistura bastante interessante na diversidade de produtos. O kaftan em seda estampado fundo marinho tem estampa exclusiva e sem costura.
As fotos da coleção foram feitas pelo fotografo Carlos Contreras, modelo Débora Borges da Simone Lopes Models, produção de éden Matarazzo e make up de Antonio de Luccia.
Oooooo

Veja fotos de Andressa Oliveira em campanha de biquínis




Theo Becker deve chorar mais cada vez que vê Andressa Oliveira desfilando sua beleza pelos campos de “A Fazenda 2”.

A gata, que já fez “Beleza Pura” e “Malhação”, namorou o polêmico ator durante dois anos e meio. Graças a ele ficou conhecida. O gaúcho ficou famoso por berrar o nome da loira aos quatro ventos enquanto estava confinado.

Antes de entrar no reality show, Andressa posou para campanha de biquínis. Nos anúncios, a gata pôde mostrar que está com tudo em cima.

&&&&&
Sol e Calor!
    Com o verão chegando, está na hora de escolher um biquíni novo. No entanto, antes de correr para a praia ou piscina tentando ganhar um bronze em um só fim de semana, é bom lembrar que tomar sol é uma delícia, mas se você não tiver cuidado vai se arrepender mais tarde. Isso porque os efeitos ruins dos raios solares são cumulativos. Ou seja, você soma os exageros dos anos passados com os deste ano e dos que estão  para vir e o resultado vai ser um só: quando chegar aos 20, sua pele terá aparência de 30 e poderá estar cheia de manchas e ruguinhas que só deveriam surgir muito mais tarde. Assim, é a maior bobagem envelhecer muito antes da hora, só por preguiça de não cuidar de sua com o carinho que ela merece.


Limpa e saudável
    Ter uma pele bonita, hidratada e sem espinhas é o sonho de toda a menina. Mas para isso são necessários certos cuidados:
 • Não é porque você tem pele oleosa que não deve usar uma loção hidratante. A hidratação é indispensável. Assim, passe um creme apropriado para o seu tipo de pele (oleosa, seca ou normal) todos os dias. Crie o hábito de usá-lo depois de lavar o rosto de manhã.
 • Mantenha a pele sempre limpa para o excesso de gorsura (mais a poluição) não tampe os poros e acabe num cravo ou numa espinha. Mas toma cuidado: a lavagem excessiva com sabonetes desengordurantes pode ter um efeito contrário e aumentar a produção de óleo. O ideal é lavar o rosto duas vezes por dia com sabonete neutro ou de glocerina.

    Moça bonita não paga!
Pele bonita depende também de uma alimentação legal. A vitamina A, por exemplo, é fundamental para que esteja sempre viçosa e saudável. Por isso, pode abusar das frutas, como melancia e mamão, e de verduras, como brócolis, cenoura, tomate, espinafre e abóbora. Tome bastante água. "Nos dias quentes, o organismo transpira mais, para equilibrar a temperatura interna, e o excesso de transpiração pode provocar a desidratação", explica Adriano Almeida, dermatologista especializado em medicina estética do Centro Integrado de Prevenção do Envelhecimento (Cipe). Outra boa dica é trocar o refrigerante por suco de frutas.

    Proteção nunca é demais
 • Passar protetor solar uma vez ao dia não é suficiente para garantir uma pele protegida.
Então tenha o cuidado de aplicar o protetor solar e esperar, pelo menos, meia hora antes de se expor ao sol. E, se for passear pela praia, ponha uma camiseta, use boné. Na volta, fique embaixo do guarda-sol. Reaplique o filtro a cada duas hioras ou quando secar o rosto com a toalha. Aliás, todo dia é dia de usar protetor solar.

    Olha a hora!
 •  Evite o sol entre 10 e 16 horas. Nesse período, os raios solares, principalmente os ultravioleta, castiga, pra valer. Sem nenhum tipo e proteção, então, é bolha na certa. Agora, se apesar de todos esses avisos, você se descuidar e errar na dose de sol, veja oque fazer:
    No caso da pele ficar vermelha e ardida, você pode usar um produto à base de calamina, cânfora, azuleno e aloe vera, para diminuir a dor e o desconforto. No rosto é melhor aplicar compressas frias de chá de camomila.

    Se formar bolhas, não aumente o estrago tirando a pele. O local pode infeccionar e produzir uma ferida dolorosa. Uma pele danificada desse jeito fica muito mais sensível e desprotegida contra os ataques de microorganismos causadores de doenças, como bactérias e fungos. Nesses casos, é bom procurar um especialista, o qual saberá orientá-la melhor.


     Por favor, não invente moda

   Sabe aquela receitinha da amiga da sua prima que usa refrigerante à base de cola para bronzear mais rápido? Pelamordedeus, esqueça. "Essas fórmulas 'mágicas' só servem para provocar queimaduras graves", avisa o médico Adriano Almeida. É sério! Tem gente que acaba internada no hospital por causa delas. Estão, antes de aplicar qualquer produto - filtro solar, bronzeador ou hidratante -, é melhor consultar um dermatologista. Ele saberá indicar direitinho o que é melhor para a sua pele

0000000000

Biquínis Agua Bendita Verão 2010
Biquíni de alças fininhas com babado abaixo dos seios e estampa moderna com referências étnicas e religiosas. Saída de banho estilo macacão de short com estampa colorida na mesma cor do biquíni,

Anote...
Com um litoral que possui mais de 7 mil quilômetros de extensão, não é de se espantar que o Brasil seja um dos países que mais fabrica peças de roupa para praia. Os trajes de banho brasileiros são conhecidos em todo o mundo, tanto pela ousadia das peças como também pela grande diversidade de modelos.

Quais são as peças e acessórios que compõem a moda praia feminina?


Em meio a tanta variedade, fica difícil escolher o traje ideal. Pensando nisso, apresentamos uma lista com as peças mais encontradas no mercado e as principais características de cada uma.
  • Biquíni – apresenta duas peças, e pode ser encontrado em várias cores, estampas e modelos diferentes. Normalmente apresentam forro, que é fundamental para garantir conforto e segurança.
  • Monoquini – apresenta as mesmas características do biquíni, porém as peças (inferior e superior) são vendidas separadamente, que podem compor um conjunto de estampas diferentes, de acordo com seu gosto e as tendências da moda.
  • Sunkini – apresenta duas peças, geralmente maiores e menos cavadas que os biquínis. A variedade é grande.
  • Maiô – apresenta uma única peça, que cobre uma maior extensão do corpo se comparado ao biquíni. Pode ser liso ou estampado, apresentando recortes ou não, dependendo do modelo.
  • Saída de Praia – como o nome sugere, é ideal para ser utilizada após o banho de mar ou piscina. Pode ser encontrada em vários modelos, como vestidos, saias, cangas, shorts e blusas. Existem algumas que são fabricadas com tecidos especiais, como a malha de poliamida, que garantem proteção contra os raios UV.
  • Chapéu – além de proteger a cabeça e o rosto dos raios solares, garantem um toque especial no visual. Pode ser confeccionado nos mais diversos materiais.
  • Chinelo / Sandália – permite maior conforto e liberdade aos pés, proporcionando maior ventilação. Pode ser fabricado em borracha, couro, palha, plástico e muitos materiais.

Como escolher o traje de banho ideal?

Para escolher o modelo certo, deve-se avaliar a beleza do traje aliada ao conforto que a peça proporciona. O ideal é provar as roupas de banho para conferir se há um perfeito caimento e se estas se ajustam adequadamente ao seu corpo. O material de confecção é importante, e deve ser considerado como um importante diferencial. Procure peças que sejam fabricadas em tecidos que garantam bem-estar. Escolha cores e estampas que lhe agradem.

 No caso dos monokinis, é fundamental que se saiba combinar as peças, para que haja harmonia entre elas. E não se esqueça que o mais importante é se sentir bem com o modelo escolhido.

Como escolher acessórios para compor o visual?

Ao escolher os acessórios que irão complementar o seu visual, é importante saber combinar as peças. Trajes e acessórios devem estar em perfeita concordância. Combine cores, estampas e materiais de confecção. Tudo deve ser escolhido de acordo com o seu estilo (elegante, despojado, ou qualquer que seja) para assegurar que você sinta-se bem e confortável.


O que deve ser avaliado no momento da compra?

Ao escolher os trajes de banho, verifique inicialmente qual o tamanho das peças, para saber se o modelo escolhido está de acordo com o formato do seu corpo. É importante verificar a qualidade dos produtos e a durabilidade do material usado na fabricação.

O mesmo serve para os acessórios. Escolha peças que atendam a sua necessidade e ofereçam total conforto.

$$$$$$$


Shayene Cesário é a rainha de carnaval de 2010 do Rio de Janeiro. A moça, estudante de direito, aproveitou o calorão, nesta segunda-feira, para curtir a Praia de Copacabana, a bordo de um biquíni fio-dental (foto) e acompanhada de amigas.


Shayene está a mil por hora, vivendo um sonho. No ano passado, ela foi eleita princesa do carnaval e não se conformou. O que ela desejava mesmo era ser coroada rainha e reinar, absoluta, ao lado do Rei Momo.
Aos 24 anos, ela tratou de repaginar o visual, acertar medidas e ficar com a forma impecável.

Para deixar tudo nos trinques turbinou os seios e colocou 300 ml de silicone.
Ela teria, ainda, retocado o nariz.
 Do alto do seu 1m75 e 63 quilos, a morena, que tem muito samba no pé, arrasou com sua fantasia no concurso de rainha, na semana passada, confeccionada com 500 penas de faisão e 23 mil cristais Swarovski. Só deu ela! Agora, Shayene Cesário só quer brilhar ainda mais quando o carnaval chegar.


Isis Valverde está encantada com seu novo companheiro, o Marley, que ganhou nos últimos dias. Depois do passeio pelo bairro do Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, agora foi a vez do cãozinho conhecer a praia.
atriz levou o seu xodó à praia da Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade.
Acompanhada por uma amiga, Isis fez muita farra na areia com Marley.
Depois, foi a vez de desfilar a boa forma a bordo de um biquíni tomara-que-caia, levando Marley a tiracolo, claro! Quando foi se bronzear, Marley ficou quietinho embaixo do guarda-sol. Um fofo!!
Desde o fim de Caminho das Índias, que venceu na noite de segunda-feira (23) o Emmy Internacional, em Nova York, nos Estados Unidos, na categoria Telenovela, onde brilhou como Camila, a brasileira que se apaixonou por um indiano, Isis curte suas merecidas férias.


Arquivo para biquinis
Desfile no Japão tem biquínis e campeão de sumô

Os adolescentes japoneses são conhecidos mundialmente pela maneira exótica de se vestirem. Muitos misturam cores, estampas e ainda capricham nos penteados para compor um look diferenciado. E, neste domingo, o desfile chamado Shibuya Girls Collection aconteceu em Tóquio e serviu de fonte de inspiração para esse público.
As novidades não se restringiram à moda. Fugindo do biotipo longilíneo tão característico dos modelos, o campeão de sumo Asashoryu cruzou a passarela com calça preta de alfaiataria e blazer de modelagem oriental. Natural da Mongólia, ele é garoto-propaganda de uma marca de refrigerantes no Japão e, por isso, usava uma camiseta com o logo do produto.
As propostas apresentadas foram de primavera-verão e contaram com biquínis estampados por flores, listras e algumas palavras. O look de praia ainda ganha reforço de acessórios, como bonés, viseiras, chapéus, colares e bolsas.
Já para um passeio mais urbano, as garotas contam com vestidos curtos sobrepostos por blazers. A cintura é marcada por cintos finos ou largos. Há também guarda-chuva que acompanha a estamparia da roupa.
Os biquínis mostrados misturam cores e estampas
Fonte: Redação Terra/Moda
Não vá à praia sem eles
Imagine a cena. Verão, dias quentes e longos, praia badalada e você chega com aquele biquíni fora de moda, quando não esgarçado! Sem falar na saída de praia velha, que completa o “look”. Resultado: mico total! Para isso não acontecer, se ligue nas tendências de moda praia para o verão 2009. Tudo está muito chique e pasme! comportado.

A Claro Rio Summer Alto Verão 2009 mostrou porque a moda praia brasileira é a melhor do mundo. Os trajes de banho desta temporada chegam cheios de brilho, detalhes originais, pedras e muito estilo.

Lenny Niemeyer e Oscar Metsavah apresentaram uma perfeita sintonia no desfile conjunto, cujo tema “sonho tropical” levou a um fashion dream repleto de tons neutros, recortes geométricos, tricôs metalizados e lindas peças de jérsei.

Gala
A Jo de Mer debutou nas passarelas com a modelagem maior que o normal, nos tons metalizados e alegres. Adriana Degreas apostou com sucesso no estilo retrô chique, com brilhos, transparências, drapeados e cintura alta, mostrando uma coleção sexy nos cobiçados maiôs de gala.
Aliás, a melhor e a mais sofisticada novidade é o maiô de festa. Esta peça tradicional do balneário entra na estação com muito brilho, plissado, apliques, pedrarias, paetês e corte elaborado.
Neste verão, os biquínis maiores que o normal na parte de cima, ganham força e seguem a linha frente única. As alças enfeitam de uma nova maneira, onde as amarrações ali e a colá dão charme e originalidade, além de personalidade ao visual praiano.
A estampa de onça continua em alta, mas desta vez em versão colorida com mix de outros desenhos, ou até mesmo No mais, maiôs luxuosos, biquínis com novas modelagens, estampas animais coloridas e as tradicionais cores brancas e pretas marcam a moda verão 2009. Invista nestas peças com acessórios incríveis e terá uma produção perfeita, que arrancará olhares até mesmo dos profissionais de moda. Ah, e não esqueça do protetor solar!
Por: Andréa Foroni e Lina Mancuso, do ModaDigital/Especial para BR Press
Biquínis no Japão trazem suavidade e flores
Estampas floridas são uma das apostas da Sanai para a moda praia feminina 2009 apresentada nesta segunda-feira em Tóquio, Japão. Com modelagem comportada, os biquínis apresentam tonalidades suaves com alguns fundos mais escuros.
Um dos visuais é composto por estampa azul-marinho com flores rosas. A saída de banho transparente acompanha o mesmo desenho, e um discreto colar dá charme ao look.

Ilhoses em formato do coração surgem em algumas peças, e outras investem nos laços. A coleção também aposta em modelitos de shorts para acompanhar os tops.
Saída de praia e colar são alguns acessórios da coleção
Fonte: Redação Terra/Moda
Gucci leva requinte e flores à praia
Roupas leves e com estampas tropicais marcaram a coleção primavera-verão da grife Gucci, apresentada nesta quarta-feira, durante a Semana de Moda de Milão. O biquíni com top tomara-que-caia surge em versão branca com temáticas de coqueiros e folhas, combinado ao chapéu e à mochila esporte para a praia.O mini vestido branco de tecido brilhante tem um ombro só e amarração na lateral. Dessa vez, são folhas estilizadas de cores fortes que dão vida e glamour à peça.
Mas os longos também estão presentes na nova linha da Gucci, em looks bastante elegantes. Há desde o liso roxo com abertura na frente, deixando a perna à mostra, até o longo com listras onduladas em tecido transparente.
Os conjuntos de blazer e calça aparecem em versões floridas e sem estampas, acompanhados de chapéu e bolsa.
Fonte: Redação Terra
O biquíni florido é aposta da grife para a moda praia

Biquíni com recorte é opção para as areias

Marious Schwab inova a modelagem da moda praia ao criar peças com recorte. A coleção primavera-verão foi apresentada nesta segunda-feira durante a Semana de Moda de Londres.Os detalhes geométricos mostram pequenas partes do corpo feminino, como no macacão com fendas nas pernas e barriga.

Outro elemento forte na linha é a corda que além de enfeitar com amarrações vestidos, macacões e bodies, ainda serve de matéria-prima ao tubinho cinza de gola alta.

Os sóbrios branco, preto e bege recebem o colorido de tecidos tye die com tons de rosa, laranja e verde.
Marious Schwab apresentou sua coleção de verão no 2º dia da Semana de Moda de Londres
Fonte: Redação Terra
O Rio Summer vem aí com as coleções de alto-verão
Hoje o mundo da moda brasileira está voltado para as coletivas do novo evento fashion que promete esquentar o mercado de alto-verão nacional e internacional
Para esclarecer tudo certinho, Nizan Guanaes, presidente do Grupo ABC, que realiza o evento, convocou uma coletiva de imprensa para explicar como deve funcionar o Rio Summer, que acontece entre os dias 5 e 8 de novembro.

“O Rio Summer vem concorrer com o Mercedez-Benz Fashion Week Swim (Miami), mas não com o São Paulo Fashion Week ou com o Fashion Rio. Adoro o evento de Miami, mas o Brasil tem que lutar pelo lugar que é dele na moda. O nosso objetivo é colocar o Rio como a capital da moda praia e do beach lifestyle mundial”, diz Nizan antes de levantar qualquer suspeita a favor da competitividade com as outras semanas de moda brasileiras.
Quem participa
As marcas que participam da primeira edição do Rio Summer foram selecionadas de acordo com o que foi chamado de DNA Brasil, e exibem algo diferente em relação ao que o mercado internacional já está acostumado a ver nas principais semanas de moda. O que não quer dizer que é uma curadoria baseada somente na moda praia, mas sim no lifestyle brasileiro:
Adriana Degreas, Blue Man, Carlos Miele, Cia. Martítima, Cris Barros, 284, Iodice, Isabela Capeto, Jô de Mer, Lenny, Osklen, Patrícia Vieira, Raia de Goeye, Rosa Chá, Salinas, Totem e Triya.
As grifes que participarão do evento foram selecionadas pelo inglês Robert Forrest (que tem no portfólio de clientes marcas como Armani, Ungaro, Calvin Klein, Elizabeth Hurley e Gianbatista Vall), Donata Meirellles, head buyer de marcas importadas da Daslu junto com Carlos de Souza (braço-direito do estilista Valentino por mais de 20 anos) e a estilista Lenny Niemeyer.
Apesar de boa parte das marcas já fazerem parte do line-up de outras semanas de moda tanto nacionais como internacionais, os estilistas prometem uma coleção diferente das apresentadas na temporada de verão. “ As coleções vão ser inéditas. Como no Brasil o verão é longo, dura cerca de 8 meses, o que a gente costuma apresentar em junho é só parte da produção”, diz o estilista da Rosa Chá Amyr Slama.

O evento
“O Rio Summer tem a possibilidade de trazer investidores e compradores internacionais, ao mostrar o que o Rio tem de melhor: o estilo de vida carioca, nossao lifestyle, reconhecido internacionalmente” – comenta o governador do estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, no vídeo de apresentação do evento.

Os desfiles acontecerão em duas tendas com capacidade para 400 e 300 pessoas respectivamente, que ficarão concentradas no Forte de Copacabana. O Hotel Fasano em Ipanema e (claro) o Copacabana Palace também vão abrigar ações dentro do Rio Fashion.

O Fasano, aliás, foi exclusivamente fechado para o evento e deve abrigar o 100 convidados com figuras conhecidas do jet set internacional.
“Uma coisa que eu vou dizer para vocês é que eu não quero Big Brothers. As salas são menores (do que os outros eventos de moda brasileira) e eu vou favorecer o pessoal da moda e eventuais celebridades que possam agregar valor ao evento.”

Moda praia
Estima-se que só no Brasil em 2007, cerca de 83 milhões de peças foram produzidas por ano neste segmento de acordo com informações do mercado. Deste total, calcula-se que 78% seja feminino e 22% masculino. Estima-se ainda que 6% da produção nacional é destinada a exportação, sendo sua maioria peças femininas. Ou seja 4,9 milhões de peças de moda praia nacional ganham o mundo. (Fonte Invista)

Por: Mayara Geraldini/IGModa

Fernanda Motta durante o desfile da Cia. Marítima no São Paulo Fashion Week

Cia. Marítima exibe biquínis nos EUA
A grife brasileira de moda praia Cia. Marítima mostrou sua nova coleção de verão durante um desfile na semana de moda Mercedes-Benz, neste domingo, em Miami.
A linha é a mesma que recentemente foi apresentada no São Paulo Fashion Week e traz modelos de biquínis sofisticados, com acabamentos feitos com laços, fivelas e argolas.

Os maiôs e saídas de praia com muitas estampas são opções ainda mais elegantes para quem quer curtir o sol com conforto e estilo.
A Cia. Marítima exibiu em Miami a coleção apresentada no São Paulo Fashion Week deste ano
Por: Redação Terra
A moda praia para o Verão , traz o clima de romantismo misturado ao étnico, além de uma modelagem retrô influenciada pelos anos 50,60 e 70.
Maiôs, biquines, frente-única, cortininha e tomara-que-caia nas mais variadas versões – listrados,”pois” ( bolinhas), florais, tribais, efeitos marmorizados, tie-dye, desenhos abstratos e geométricos, bichos e até mesmo em retilínea.

Cores fortes, babadinhos, argolas e bordados em paetês.
Cores: amarelo, vermelho, azul, verde, roxo, coral, laranja, pink, tons terrosos, pastel e a dupla P?B ( preto e branco), principalmente no pois (bolinhas) e listrado.
praia para o Verão 2009, traz o clima de romantismo misturado ao étnico, além de uma modelagem retrô influenciada pelos anos 50,60 e 70.

Maiôs, biquines, frente-única, cortininha e tomara-que-caia nas mais variadas versões – listrados,”pois” ( bolinhas), florais, tribais, efeitos marmorizados, tie-dye, desenhos abstratos e geométricos, bichos e até mesmo em retilína.

Por :Leonize Maurílio
Estilista cria biquíni feito com pele de peixe
O salmão é um peixe bastante consumido em todo o mundo. Para aproveitar o que é descartado no preparo de diversos pratos, a estilista chilena Claudia Escobar criou um biquíni feito com a pele do animal.
A estilista afirma que o tecido confeccionado com a pele do peixe é confortável, bastante elástico e durável. “É muito legal pegar uma matéria-prima comum e transformá-la em um produto que agrega valor”, disse a designer.Os biquínis são feitos em cores variadas e cada peça custa, em média, US$ 500.

Redação Terra/Moda
Marca japonesa exibe biquínis da próxima temporada
Abril 16, 2008 às 1:17 pm · Arquivado em moda praia and etiquetado: biquinis, marca japonesa, sunplay, tangas

Modelos apresentaram a moda praia da marca Sunplay, em Tóquio. A top model Mariko Sano exibiu o biquíni azul com babados.

Os tops em modelo cortininha são destaques da linha de verão. As tangas variam desde os shortinhos até as mais cavadas, com cós e cinto de tecido.

Cores vivas são as apostas da grife. O laranja é combinado com o amarelo, assim como o vermelho aparece junto com o branco.

A coleção é formada por quatro linhas: Sunplay ECO, Sunplay Sokai, Sunplay UV e Sunplay iR.

As peças da Sunplay ECO são feitas por um tecido tecnológico que reduz em 40% a emissão de gás carbônico durante sua fabricação.

A Sunplay Sokai, por sua vez, traz um tecido de secagem rápida. Os trajes de banho da Sunplay UV bloqueiam os raios UVA.

Já a linha Sunplay iR é composta por tecidos que recebem um tratamento em forno especial de cerâmica para bloquear os raios infravermelhos de câmeras fotográficas.

Fonte: Redação Terra

Associação espanhola quer praias sem topless e fio dental

Uma associação defensora de direitos morais está fazendo um abaixo-assinado para a criação de “praias familiares”, em que sejam proibidos o topless e os biquínis e sungas fio-dental.

A chamada “Plataforma Praias: a liberdade sem renúncia moral” anunciou que já recolheu mais de 30 mil assinaturas que serão entregues aos governos das províncias de Valencia, Alicante, Andaluzia, País Basco e Catalunha (costa mediterrânea espanhola).

A prática de topless é permitida e comum nas praias espanholas – principalmente entre os turistas europeus.

O grupo disse em um comunicado à imprensa que não está contra o nudismo, mas defende o seu direito de que as crianças não vejam seios e glúteos nus ao vivo e tão perto.

“Algumas pessoas dirão que somos caretas, porque não é politicamente correto dizer certas coisas. Mas isso não nos importa, não estamos contra ninguém. Só queremos um espaço onde estar tranqüilos com as nossas famílias”, disse a presidenta da Plataforma, Maribel Palácios.

‘Praia para todos’

A organização foi criada em 2006 durante o IV Encontro das Famílias, evento promovido pela Igreja Católica espanhola.

Uma das conclusões da reunião foi a criação de uma campanha nacional chamada “Praia para todos” para defender valores morais, principalmente os das crianças, segundo o comunicado da Plataforma.

O secretário-geral do Fórum Andaluz da Família, Juan Jurado, descreveu as praias familiares em um comunicado como “espaço de liberdade onde as famílias possam levar seus filhos e todos estejam cômodos”.

Ele disse ainda que “muitas associações européias de famílias pedem informações de onde poder ir com seus menores protegidos de situações desagradáveis, o que significa que as praias familiares têm interesse internacional e são realmente necessárias”.

Com o verão europeu se aproximando (começa em junho), a organização pretende voltar às ruas para pedir apoios para o abaixo-assinado.
Nos próximos finais de semana haverá tendas nas praias para quem quiser assinar, jogos infantis e concursos de pintura com o lema “praias familiares”.

Sem detalhar o projeto, pedem que vigias ou cuidadores impeçam que os menores se percam e que as praias estejam limpas de objetos que possam provocar ferimentos.

Outra reivindicação é vigiar quem esteja fotografando as crianças com os celulares, para prevenir a ação de pedófilos. A associação calcula que pode haver em torno de 10 mil fotos circulando na internet, feitas nas praias espanholas sem o consentimento dos banhistas.

A presidente da Plataforma explicou que as reivindicações são simples, legais e “normais” porque a legislação espanhola “já proíbe colocar imagens em lugares públicos que possam afetar aos menores, mas às vezes em praias não nudistas se vêem situações mais comprometidas”, disse.

Fonte: globo.com
Moda Brasil – Historia Brasileira
A moda Brasil é a moda que as brasileiras e os brasileiros elegeram para usar em determinada estação. E, como em todas as estações, desde que o mundo é mundo e a moda é moda, quem decide o que vai ser moda aqui no Brasil são os grandes estilistas e criadores de moda lá da Europa, em especial os franceses e italianos.

Ainda não existe uma moda Brasil, com identidade e DNA próprios. O que ocorre é que os estilistas brasileiros assistem aos desfiles no estrangeiro, observam as tendências da moda para aquela temporada e carregam tudo isso para a moda Brasil. Aqui, eles vão adaptar esses modelos e estilos ao gosto brasileiro. É verdade que os coloridos da moda atual, as cores cítricas, os estampados vibrantes e os tecidos florais caem como luva para o gosto e a cor de pele da mulher brasileira, mas já vimos verões onde o preto imperava, e isso era ditado pelos estilistas de fora.

O Brasil possui uma moda típica, como o traje de baiana, mas quando se pensa em moda para todos os dias ainda se usa aqui o que é ditado lá fora. Na verdade, o que ocorre na moda Brasil é mais ou menos assim: os estilistas famosos copiam, de tudo um pouco, e lançam isso em seus desfiles grandiosos e badalados. No dia seguinte, essa moda está nas revistas e jornais. As brasileiras decidem o que vai e o que não vai se adequar a elas. E faz a sua opção. Portanto, é a própria consumidora quem vai decidir o que será a moda Brasil para a nova estação. A equação seria assim: o estilista estrangeiro cria, o estilista brasileiro segue no rastro e a consumidora brasileira escolhe o que melhor se adapta a ela.

Nisso tudo que foi dito, façamos uma honrosa exceção à moda Brasil para a praia, onde realmente o Brasil tem um destaque, principalmente na criação dos minúsculos biquínis. No entanto, é fato que alguns países que compram a moda Brasil praia exigem que os seus biquínis e maiôs sejam mais bem comportados, e feitos com mais tecido do que aqueles que são vendidos para a brasileira.

Fonte: Dicas de Moda
Elas amam o Brasil-Veja quem são as celebridades apaixonadas pela moda brasileira
Abril 6, 2008 às 11:38 pm · Arquivado em moda praia and etiquetado: biquinis, blue man, estampa, Jo de mer, moda brasileira

De uns tempos pra cá a moda brasileira tem caido no gosto de celebridades bem conhecidas do cenário internacional. Os biquinis brasileiros já viraram produto de exportação e hoje desfilam a “la brasileira” no corpo de personalidades como Naomi Campbell, Julianne Moore, Paris Hilton e a roqueira Juliette Lewis. Na última semana foi a vez da cantora Avril Lavigne encomendar um par de botas de Fernando Pires, enquanto Cameron Diaz recebeu uma bolsa de presente do estilista Flávio Oliveira. E sem contar artistas como Britney Spears e Beyoncé, que se renderam as baixissímas calças da marca “Gang”, hoje peças indispensáveis em seus guarda-roupas. “As celebridades buscam novidades o tempo todo e o mercado brasileiro de moda é uma novidade para elas”, contou a estilista da grife “Jo de Mer”, Amália Spinardi.
Confira abaixo quem são as celebridadades internacionais que amam a moda brasileira:

A jovem Avril Lavigne se rendeu aos sapatos do estilista brasileiro Fernando Pires e encomendou um par de botas de cano alto. O modelo será de couro, tamanho 37, com listras brancas e pretas, bico fino e um salto de 9,5 cm

Em sua passagem pelo Brasil, Paris Hilton comprou seis biquinis da grife Jo de Mer, na loja Daslu. Um dos modelos, o “Hamptons”, é a cara da patricinha. “No caso dela a opção foi feita pela estampa e não pelo modelo em si. Acho que estampa de bicho tem tudo haver com o estilo “Paris” de ser”, contou Amália Spinardi, criadora da marca

Durante sua passagem pelo Brasil no ano passado, a cantora Juliette Lewis se apresentou no palco do Tim Festival com maiôs da grife carioca “Blue Man”. O primeiro, com estampa de pantera, fez parte da coleção passada da grife, enquanto o segundo modelito foi exibido apenas em desfiles da coleção


Em sua passagem pelo Brasil no ano passado, para as filmagens da versão cinematográfica de “Ensaio sobre a Cegueira”, Julianne Moore voltou para casa com um biquíni estampado da grife Jo de Mer. “O Bahamas comprado pela Julianne Moore tem calcinha que cobre o bumbum todo e é larga dos lados, tipo sunquine mesmo. Ela optou por uma modelagem bem discreta, porém numa estampa divertida como a de leopardo branca e lilás”, contou a estilista Amália Spinardi

A atriz Cameron Diaz é fã das bolsas do estilista paulistano Flávio Oliveira, que mora há mais de 20 anos nos Estados Unidos. A loira foi a inspiração para a criação de uma bolsa em formato de meia lua, feita em couro italiano. Apenas 50 unidades da peça serão comercializadas no Brasil no mês de julho. As bolsas do estilista, famoso por seu estilo vintage, também caíram no gosto de famosas como Demi Moore, Charlize Theron e Cher

Apaixonada pelo Brasil, a modelo Naomi Campbell também é compradora assídua dos biquinis brasileiros e fez questão de adquirir uma peça, modelo “Hamptons”, da grife Jo de Mer.
“Ele tem uma estampa colorida, bem viva e a cara da supermodelo. A modelagem é básica: um top triângulo com calcinha de lacinho”, contou a estilista Amália Spinardi. Além disso beldades como Carolina Adriana Herrera e Paris Hilton, também se renderam a moda praia brasileira. “Elas buscam o “estilo” do biquíni brasileiro, porém a grande maioria das celebridades não está preparada para modelagens ousadas. Ou elas buscam modelos de calcinhas maiores ou procuram pelo molde “export” que cobre mais o corpo”, concluiu a estilista.

A calça justa e de cintura baixa da marca Gang, muito usada pelos amantes do funk carioca, caiu no gosto de celebridades como Britney Spears e Beyoncé, que fizeram do modelito peça indispensável no guarda roupa. Spears descobriu a calça, durante sua vinda ao Brasil para participar do Rock in Rio 3, em 2001, e tem hoje 12 peças no armário.

Por: MARIANA LUCHESI

Bordados e aplicações são a tendência para biquínis
Fevereiro 4, 2008 às 3:52 pm · Arquivado em biquini, biquinis, moda praia and etiquetado: aplicações, biquinis, bojo, bordados, estampas, maiô, moda praia, piscina

Assim como na moda do dia-a-dia, os detalhes estão cada vez mais expostos também na linha praia/piscina. Seja nos modelos pequenos ou nos maiores e tradicionais, há espaço para os babados, fitinhas, lacinhos e aplicações…

Tudo depende da personalidade de quem vai usar a peça. A tendência é a modelagem da parte superior, que ganhou bojo para dar formas aos seios. O tomara-que-caia também volta com tudo. E estampas, muitas.

Seja na praia ou na piscina, o que será visto nesta Primavera/Verão é um mix entre o fashion e a cortininha de sempre. Os modelos apresentados nos lançamentos das coleções de estilistas famosos trouxeram muito crochê, listras, estampas de frutas, florais e motivos havaianos.

A diferença nas peças desta temporada são os bordados com miçangas, vidrilhos e paetês. Os modelos ganham trabalhos artesanais e as peças são rebordadas à mão, dando um efeito de acabamento mais delicado. Nas próprias estampas, ou nas listras, é feito o bordado, enriquecendo os modelos.

Eles aparecem em desenhos do tecido e também cobrindo todo o bojo. Neste caso, o ideal é usar lantejoulas em cores transparentes, que dão só um brilho ao tecido.

Fivelas e enfeites, que podem parecer broches entre os seios, também são encontrados nas peças à disposição das brasileiras. Modelos que são inclusive elogiados por estilistas e top models internacionais, como Naomi Campbell, que já declarou que os biquínis e maiôs nacionais são confeccionados com material resistente, têm boa qualidade e modelos diferenciados.

Para a felicidade dos pais e namorados ciumentos, os biquínis comportados também têm espaço nesta temporada. Eles estão muito charmosos. A graça dos modelos com a parte de baixo mais larga, que tem a aparência de sungas, fica por conta das aplicações e bordados.

Na parte da frente, os modelos ganharam recortes variados. Um modelo que já é muito encontrado nas lojas é um com tanga bem pequena e a parte de cima que pode ser considerada quase uma blusa frente-única.

As estampas também aparecem dominadas por flores. Tanto miúdas, como pano de fundo, como imensas. As mais extrovertidas podem optar por modelos que trazem flores confeccionadas pelo próprio tecido do biquíni e aplicadas no bojo.

Para as adeptas dos maiôs, o modelo engana-mamãe (aquele que visto de costas parece biquíni), também conhecido como triquíni, deverá ser a vedete. Ele que foi muito usado na década de 60, volta com decotes mais provocantes.

A intimidade do Brasil com o biquíni e outras roupas de praia é antiga. E por isso a sua diversidade é reconhecida hoje mundialmente. No início dos anos 70, a moda brasileira começou a revolucionar com a famosa tanga. Nessa época, a então modelo Rose di Primo era a musa da tanga das praias cariocas.

Durante os anos 80 surgiram outros modelos, como o provocante enroladinho, o modelo asa-delta e o de lacinho nas laterais, além do sutiã cortininha. E quando o biquíni já não podia ser menor, surgiu o fio-dental.

Desses verões para cá, os modelos mudaram com a criatividade dos estilistas e modelistas nacionais. E continuaram sendo influência para todo o mundo. Afinal, os brasileiros que trabalham neste segmento da moda precisam honrar os mais de 7 mil quilômetros de praias encontradas na extensão do litoral do país.

Fernanda Mariano

Folha da Região – Araçatuba SP
Postar um comentário

Google+