Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!

Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!
Clique na foto e seja levado à nossa loja com mais de 5.000 biquínis

sábado, 7 de março de 2009

Mulheres independentes




Mulheres independentes.

Homem inteligente aceita a emancipação das mulheres como uma benção.Temos quem resolva os problemas no banco, quem faça o roteiro para as próximas férias e até quem ajude a pagar as contas.
Mulher independente e articulada compra muita revista.
As revistas trazem fotos de modelos e atores maravilhosos com pouca roupa e abdômen saradíssimo, apologia das preliminares, dos jogos eróticos, dos orgasmos múltiplos e até lições de economia doméstica ou não.
Acho que os orgasmos múltiplos e os fingidos são invariavelmente proporcionais.
As revistas masculinas e femininas são muito mais para ver que para ler. Levar para cama esses deuses ou deusas e ter esses orgasmos, só sonhando, com a revista debaixo do travesseiro.
As mulheres escolhem ainda, quem, como e quando.
Aí que saudade da velha e boa trepada... Hoje, se não tiver musica, incenso, meia luz, lingerie nova e mais preliminares do que show da Madonna, você pode ficar mesmo na mão.
Em um segundo ela pode levantar da cama e dizer simplesmente.
- “Não dá! Você não é nada romântico!”
Se você tiver tomado um Viagra dançou.
Se for Cialis, ainda tem umas 20 horas para tentar de novo e fazer valer...
Agora, quem finge que está “indisposto" são os homens.
Inventaram estresse do trânsito, da bolsa de valores, síndrome do pânico, da dispensa do trabalho e o bom e  velho medo de falhar.
A dor de cabeça, essa cuidado, pode ser verdadeira, na cabeça, bem nos chifres, potencializada por toda essa emancipação.
Quando a emancipada resolve trocar o velho por um novo é fóda.
Ela fóde, te fóde e invariavelmente se fóde.
Acaba achando um mais novo e mais tranqueira.
Mas aí você já dançou.
Ser ela for emancipada e rica a coisa pode funcionar bem e por mais tempo... ou não... como provam as Anas Marias e Suzanas.
Mulher e balada tem toda uma história em comum. Elas adoooorammm dançar.
Minha recomendação, se você botar fé no seu taco ou se não tiver outro jeito, é deixá-la conversar muito, sair com as amigas e até ir a shows e baladas.
Dessa maneira, ela vê como a concorrência é brava, como age a molecada e como as amigas sofrem bem mais do que se divertem.
Para ir às baladas, as moçoilas passam o dia se enfeitando, metade da noite esquentando e a outra metade se lamentando.
E o dia seguinte... o resultado... As amigas nem esperam para se encontrar.
O telefone é o confessionário moderno...
A ressaca alcoólica e moral tem espaço garantido na conta do telefone... Mas só até o próximo esquenta.
O certo é o que diz o ditado, mulher precisa ter três homens.
Um para o cheque outro para o chique e outro para o choque.

Será que você vale por três?


Marinho Guzman
Postar um comentário

Google+