Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!

Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!
Clique na foto e seja levado à nossa loja com mais de 5.000 biquínis

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Fugir é fácil. Difícil é ficar livre.

"Tudo Por Ela" (2008)

"Fugir é fácil. Difícil é ficar livre."
[Julien - Vincent Lindon]

Até onde você iria por amor? Esta é a pergunta que pauta "Tudo Por Ela" ("Pour Elle", 2008), suspense francês que começa e termina sem perder o ritmo ou deixar o espectador arquejante. Tiros, sangue e altas doses de drama e ação podem ser vistos desde a primeira cena.

Lisa (Diane Kruger) (Helena em "Tróia" e Bridget von Hammersmark em "Bastardos Inglórios") é condenada a 20 anos de reclusão por assassinar sua chefe em um estacionamento. Se ela é culpada ou não, ficamos sabendo antes dos primeiros 20 minutos, em um breve flashback. Julien (Vincent Lindon), seu marido, acredita em sua inocência e faz de tudo, por meios legais, para livrá-la da pena. Sem sucesso, a única saída é fazer justiça com as próprias mãos. Assim, Julien arquiteta um plano mirabolante para tirar Lisa da prisão e fugir com o filho para bem longe. A fuga movimenta a narrativa e nos faz torcer para que tudo corra bem com os protagonistas.

Além da atuação de Diane e Vincent, posso destacar a trilha sonora como um dos pontos positivos de "Tudo Por Ela". Tensa e apropriada. Apesar do final previsível - e da história ser praticamente inverossímil -, este é um bom filme para uma madrugada insone qualquer...

Um remake americano, com Russell Crowe e Elizabeth Banks nos papéis principais, será lançado na segunda metade do próximo mês. Dirigido por Paul Haggis ("Crash – No Limite", 2005), o longa receberá o título por aqui de "72 Horas". Veja o cartaz aqui.

TUDO POR ELA - 2008
Gênero - Origem - Duração: Suspense - FRA - 96 min.
Direção: Fred Cavayé
Roteiro: Fred Cavayé e Guillaume Lemans
Elenco: Diane Kruger, Vincent Lindon, Lancelot Roch, Olivier Marchal, Hammou Graia, entre outros.
Postar um comentário

Google+