Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!

Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!
Clique na foto e seja levado à nossa loja com mais de 5.000 biquínis

terça-feira, 19 de abril de 2011

A Felicidade Conjugal - Danuza Leão

 
Viver junto é ótimo, mas algumas regras devem ser aprendidas - e decoradas - para que reine a paz conjugal. São pequenas coisas que serão feitas sempre sem o menor sacrifício, claro, e fundamentais para que o amor perdure ad eternum.

Como todo mundo sabe, as necessidades básicas femininas são bem diferentes das masculinas: homem ocupa muito espaço, e nós, mulheres, temos que abrir mão de certas felicidades do tempo em que se morava sozinha e se sonhava com a vida conjugal - tudo pelo amor.

É difícil ler um jornal quando se mora com um homem; um livro, praticamente impossível. Mas se não conseguir se conter, diga de vez em quando "beeeem, olha que coisa interessante" - e leia uma frase para ele, que assim não vai se sentir tão esquecido e abandonado. Quem não leu "Guerra e Paz" enquanto era solteira pode desistir e deixar para depois do divórcio, porque com homem por perto não dá.

Aqueles telefonemas sem fim com a amiga, para falar desde os estados da alma até sobre o modelo de sandália que viu na revista, nunca mais. Ainda está para nascer o homem que suporte ver a mulher pendurada no telefone de conversa fiada, e sabe por quê? Eles são seres simples, que só querem uma coisa: que toda a atenção de todos os segundos da vida de quem estiver por perto seja dedicada a eles e a mais ninguém. Não é muito, é? Já mulher é diferente; se elas souberem que são amadas acima de tudo, eles podem até ir ao futebol, desde que telefonem no meio do jogo para dizer que estão com saudades.

Mulher é capaz de fechar a torneira do chuveiro, abrir a cortina do boxe e gritar, bem alto: "Meu amor, você me ama?". Nessa hora, um homem inteligente cessa qualquer atividade e, mesmo que esteja atracado com a bula do novo celular, larga tudo, entra no banheiro, olha para ela com altos ares de desejo e diz "te adoro". Pronto: está comprada a paz, pelo menos por uns dias. E não custa, custa?

Mulher acredita muito mais em palavras do que em atos, e um marido esperto deve repetir as tais palavras tantas vezes quanto conseguir, para ter uma vida sossegada. Já os homens gostam de ser tratados como se fossem crianças de colo, e é preciso deixar bem claro que a única coisa importante para você é ele. Homens não precisam ser amados o tempo todo, basta que toda a atenção do universo seja dedicada exclusivamente a eles e a mais ninguém.

Sendo assim, a partir do momento em que ele chega em casa e até o momento em que sai para trabalhar, ela só deve ter olhos para ele. Aliás, olhos não, os cinco sentidos: a visão, a audição, o tato, o olfato e o paladar, e nada, mas nada, deve distraí-la do foco de sua vida, isto é, dele. Quer um drinque? O gelo já deve estar tirado, claro, e você já deve saber de cor de quantas pedras de gelo ele gosta no uísque. Quer um canapezinho? Em segundos o pão deve estar cortado em quadradinhos com uma fatia de queijo em cima e uma cereja coroando tudo.

Um homem verdadeiramente sábio deve ter um caderninho no escritório, no qual estejam escritas, em letras vermelhas, as grandes datas da história: o dia em que se conheceram, o do primeiro beijo, o da primeira transa e como ela estava vestida. Nesses aniversários, importantíssimos para qualquer mulher do planeta, ele deve, além de mandar flores, levá-la para jantar fora e, nessa noite, cumprir com louvor os seus deveres masculinos.

É simples lidar com uma mulher: basta dizer, muitas vezes por dia, que a ama loucamente, mesmo que não seja verdade. E é simples lidar com um homem: basta tratá-lo como se ele fosse Deus.

(Danuza Leão)


Postar um comentário

Google+