Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!

Quer comprar os famosos biquínis Salinas por apenas R$29,90 ? Clique na foto!
Clique na foto e seja levado à nossa loja com mais de 5.000 biquínis

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Há dias...e dias...


Tem dia que  gente está de bom ou mau humor sem uma razão aparente.
Tem dia que a  gente sabe exatamente porque está com aquele sorriso bobo na cara como se tivesse ganho um belo presente.
Mas tem dia, minha gente que parece que o mundo vai acabar.
Fica tudo cinza, fica tudo frio e não se enxerga um palmo além de toda a desgraça do mundo.
Não é hora de saber quantos dias de um e de outro humor a gente tem.
A idéia é arranjar uma maneira de passar logo aquele dia, independente do problema que a gente tem para resolver.
Já dizem os sábios que os problemas de amanhã devem ser deixados para amanhã. O dia de hoje tem os seus próprios problemas e dê ou não para resolvê-los, a gente precisa continuar vivendo.
Confesso.Tem dia que dá vontade de morrer. Ainda bem que até hoje essa vontade passou...
Você que está feliz da vida nesse momento pode parar de ler aqui mesmo.
Continue ou não no computador, deixe essa minha conversa mole para quem está “nos outros dias”.
Para quem está nesses dias o negócio é pensar que você não vai conseguir lembrar de ninguém que conheceu e se tornou inesquecível...portanto, haja o que houver, aconteça o que acontecer, você será esquecido.
Pode demorar um pouco mais, para os mais próximos, mas eu garanto que ninguém vai ficar dia e noite lembrando de você. Tenha sido você um benemérito ou um filho da puta.
A questão seguinte é quão grave é o problema que você vai ter nos próximos dias. 
Se eles forem muito graves, graves mesmo, resolva tudo aqui e agora de uma maneira definitiva: 
-Não vou! Não quero! Não vou pagar mesmo! Fodam-se todos!!!
Pode ter certeza de que uma solução dessa natureza vai te proporcionar menos aborrecimentos nos próximos dias já que você resolveu agora mesmo.
Não sei se isso é fácil ou difícil para você. 
Não peça meu testemunho, porque quando eu comecei a escrever essas linhas era para tentar descobrir como sair dessa inhaca...
Não resolvi meu problema, você não dever ter conseguido resolver os seus ou descobrir como se faz.
Também o que você queria? Não cobrei nada, só escrevo merda e se você chegou até aqui já sabe disso. 
Então...então.... bola prá frente.
Uma coisa é certa. Ninguém vai ficar para semente, nenhum dos seus problemas vão sobreviver a você.
Pode me xingar, eu deixo!

Postar um comentário

Google+